Valentine’s Day: floriculturas se preparam para o Dia dos Namorados internacional

No próximo domingo, 14 de fevereiro, vários países do mundo comemorarão o Dia de São Valentim ou Valentine’s Day. A data, muito popular principalmente nos Estados Unidos e na Europa, celebra o amor e a troca de presentes entre casais, amigos e familiares. Embora no Brasil exista uma data similar, o Dia dos Namorados, celebrado no dia 12 de junho, muitos brasileiros têm aderido ao Valentine’s Day, elegendo mais uma data para destacar o amor.

No Brasil, o Valentine’s Day acaba perdendo força devido à proximidade do Carnaval, mas neste ano o cancelamento das festas em função da pandemia da Covid-19 animou o comércio, que vislumbra a data como uma boa oportunidade para movimentar o mês de fevereiro. Pensando nisso, diversos estabelecimentos brasileiros, principalmente as floriculturas, passaram a dar mais atenção para a celebração. “Durante muito tempo, o Brasil ignorou o Valentine’s Day, até mesmo pelo costume de que fevereiro é o mês do Carnaval. Mas de uns anos para cá, nós percebemos que havia demanda para a data e passamos a desenvolver ações especiais”, comenta Bruno Esperança, diretor geral da Esalflores, maior floricultura e Garden Center do Brasil, com matriz na cidade de Curitiba (PR).

Para este ano, a floricultura reforçou o estoque de rosas e preparou diversas opções de presentes românticos e kits personalizados. Um exemplo é a “Fleur de Lafayette”, com inspiração no impacto e beleza da galeria Laffayette, de Paris, composto por 12 rosas vermelhas selecionadas em uma sofisticada caixa transparente, comercializado por R$ 328,90. A opção conta com uma versão compact, com 3 rosas, que custa R$ 159,90. Outro destaque é o arranjo “London Bridge”, que faz uma alusão ao charme e romance da cidade de Londres e traz um buquê em espiral de rosas vermelhas selecionadas dispostas em uma sacola exclusiva acompanhada de balão metalizado em formato de coração (R$ 199,90). Além disso, a floricultura vai oferecer dezenas de opções que trazem flores complementadas por variados itens, entre eles chocolates, espumantes e pelúcias.

De acordo com Esperança, o Valentine’s Day pode representar um aumento de 10% nas vendas em comparação aos dias normais. “Como o Valentine’s Day ainda não é completamente popularizado no Brasil, as ações nas lojas físicas e e-commerce chamam atenção, e quem não conhecia a data acaba decidindo presentear alguém especial”, detalha. Uma outra curiosidade do Valentine’s Day na Esalflores fica por conta da origem dos pedidos. Segundo registros das empresas, uma boa parcela das compras e pedidos de entrega são de fora do Brasil. “Percebemos que muitos estrangeiros ou brasileiros que moram no exterior aproveitam o dia para surpreender a pessoa amada”, completa Bruno José Esperança.

Deixe uma resposta