Uso de tecnologias e ferramentas digitais para o ensino remoto

Com o crescimento dos cursos online ou remotos, os professores e educadores precisaram adaptar metodologias de ensino para tornar a dinâmica adequada ao meio de transmissão das aulas. Neste contexto, um dos principais desafios e mudanças nessa jornada de alinhar prática e teoria é encontrar ferramentas digitais que despertem a curiosidade do corpo discente. 

Foi o que aconteceu na rotina de trabalho do instrutor do Senac Sobral, Euclides Barrozo, principalmente no ano de 2020, que exigiu uma resposta rápida de adaptação e inovação para um mercado de trabalho em constante transformação. “Essas mudanças impulsionaram e impulsionam o desejo de aperfeiçoamento profissional que é encontrado por meio da Educação. E os alunos chegam com a expectativa de um processo significativo, atualizado e dinâmico”, explica. 

Para adaptar o seminário de formação “Canva e suas Ferramentas” ao modelo remoto das aulas, o instrutor buscou utilizar a ferramenta digital Canva de forma a desenvolver habilidades dos alunos na área de Design, gerando maior interação, motivação e aprendizado, uma vez que o aluno participa ativamente do processo criativo. “Foi uma forma de atender à demanda de um público bem diversificado que buscava se inserir no meio digital como professores, empresários que tinham interesse em marketing digital, pessoas que gostariam de aprender para projetos pessoais”.  

Assim, foi possível inserir os alunos no uso de uma tecnologia gratuita, acessível e intuitiva para o ensino prático e remoto. “Utilizamos o Canva, pois possui muitas ferramentas gratuitas, pode ser acessado no celular ou no computador, é intuitivo e um dos editores de imagens mais popular. Unimos a ferramenta à prática da aprendizagem baseada em projetos, na qual o aluno se depara com problemas reais e, com base no que vai aprendendo, participa de como chegar à solução”, pontua. 

Dicas básicas para criar um projeto de imagem 

Com a experiência exitosa no ensino prático de ferramentas de Design, de acordo com o instrutor Euclides Barrozo, o primeiro passo na criação é considerar a imagem a ser criada como uma mensagem que se quer passar para o público. Além disso, é preciso estar atento aos elementos que compõem a imagem para passar a mensagem corretamente como, por exemplo, o uso de cores, tipografia, formas, imagens e layout. 

Para os iniciantes na área de Design, o instrutor orienta sobre a importância de equilibrar o desenvolvimento das habilidades teóricas e práticas, assim como realizado no seminário por meio do Canva. “É fundamental aprender as ferramentas de edição e criação de imagens e como elas podem ajudar a criar e acelerar o processo de criação, mas é igualmente indispensável o estudo dos elementos do design para que entenda o papel de cada um e como se complementam. Assim ele poderá criar imagens diversas, autênticas e inovadoras com maior produtividade”, afirma.  

II Congresso de Educação Sesc Senac 

Dentro da programação interna do II Congresso de Educação Sesc Senac, que tem como tema Inteligência Emocional em Tempos Adversos e a Atuação Docente, serão apresentados cases como esse de metodologias inovadoras e uso de tecnologias em sala de aula. Será uma oportunidade de troca de vivências entre professores do Sesc e instrutores do Senac. O evento conta ainda com quatro palestras gratuitas e abertas ao público, com links exclusivos.  

As inscrições podem ser feitas através do site https://bit.ly/2NdinEb

Deixe uma resposta