Embrapa e Ambev investem em pesquisa para melhorar a qualidade e produtividade de cerveja maranhense

experimentos mais peq.jpg

A Embrapa Cocais iniciou experimentos de projeto de pesquisa e transferência de tecnologia, de manejo, mecanização e cooperativismo e desenvolvimento de cultivares de mandioca, matéria–prima para a produção da Magnífica, cerveja feita com mandioca plantada no Maranhão. Pesquisadores da Unidade da Embrapa MA plantaram, em novembro, dezembro e janeiro, respectivamente nos municípios de Magalhães de Almeida, Itapecuru Mirim e Pedro do Rosário, clones do programa de melhoramento genético da Embrapa, de cultivares já existentes na Embrapa Mandioca e Fruticultura e recomendadas para outros estados e também variedades locais já usadas por produtores do estado.

Segundo o pesquisador Guilherme Abreu, da Embrapa Cocais, líder do projeto, são cerca de 300 genótipos em cada local e espera-se como resultado a recomendação de duas ou três variedades de alta produtividade de raízes e alto teor de amido em diferentes condições edafoclimáticdas no estado para melhorar a qualidade da cerveja produzida pela Ambev, parceira na pesquisa. “Procura-se produtividade acima de 30 toneladas por hectare e teor de amigo igual ou maior a 30%. O trabalho de avaliação das características agronômicas dos genótipos e definição de tecnologias para maximizar o potencial das lavouras e raízes repercutirá também na qualidade dos demais subprodutos de mandioca, como a farinha”, completa. 

Deixe uma resposta