Governador do Ceará articula compra de vacinas para complementar plano de imunização no Ceará

Para articular a aquisição direta para o Ceará da vacina russa Sputinik V, em complemento ao Plano Nacional de Imunização (PNI), o governador Camilo Santana (PT) esteve hoje (02.03) em Brasília. Ele participou de reunião com o presidente da União Química, Fernando de Castro Marques, representante da vacina russa no Brasil, com outros governadores.

“A União Química já está em processo de transferência de tecnologia para produzir a vacina aqui. Mas antes disso, a marca russa dispõe de um contrato de 10 milhões de doses da vacina já produzida na Rússia, que serão compradas pelo Ministério da Saúde nesse primeiro momento, e com entrega prevista para os próximos 90 dias. Onde tiver vacina disponível para ampliar o Plano Nacional de Imunização, nós temos orçamento e vamos comprar. Nosso maior objetivo é de que a vacina chegue mais rápido aos cearenses. E ela é a única forma de evitar a doença e as mortes, e assim possamos retomar à nossa normalidade”, ressaltou Camilo Santana sobre a importância de colocar a intenção dos Estados brasileiros de adquirir o produto.

Camilo garantiu que comprará o que estiver disponível nos laboratórios, fornecedores e fabricantes para o Estado avançar com a vacinação. “Temos negociação aberta com a Pfizer, fechamos acordo com o Butantan, e fizemos contato com laboratórios na China, porém ainda nenhuma está disponível para compra no momento. Até mesmo porque nós precisamos ter a autorização do Congresso Nacional e da Justiça do Brasil para comprar essas vacinas de forma direta, recurso o Estado do Ceará tem”, afirmou o governador, que complementou a fala, informando sobre o acordo de equidade dos Estados, no caso das compras diretas de vacinas. “Há uma acordo entre os governadores dos Estados, que, todas as vacinas que forem compradas iriam para o PNI, e distribuídas a todos os Estados, pois queremos equidade na distribuição desses imunizantes para toda a população brasileira”, explicou.

Reunião na Câmara dos Deputados

Em um segundo momento, o governador se encontrou com o presidente da Câmara, Arthur Lira, e destacou que, nesse momento o Brasil precisa se unir. “Nesse momento nós precisamos nos unir para combater um inimigo comum, que é o vírus, proteger a população e salvar vidas. E o Congresso Nacional tem um papel muito importante nessa interlocução e nesse equilíbrio do momento do Brasil. A iniciativa do deputado Arthur Lira é muito importante, todos nós governadores nos colocamos à disposição de contribuir nesse processo”, disse o governador do Ceará. Alguns dos pontos discutidos foram a aquisição de vacinas, auxílio emergencial, orçamento para a saúde e a retomada da economia pós pandemia.

“Foi sugerida a criação de um Fórum ou um Comitê permanente para discutir essas situação entre Congresso e os Estados, não só dos termos que estão no Congresso Nacional, como a reforma tributária, e outros processos que estão em tramitação, para assim manter o diálogo aberto e encaminhar essas demandas, e construirmos saídas que possam afetar menos a economia, mas principalmente proteger a vida dos brasileiros”, finalizou Camilo Santana.

Deixe uma resposta