Consumidores brasileiros têm preferido varejistas engajados socialmente e pequenos negócios locais

Entre muitos aspectos, a quarentena também transformou os critérios levados em conta pelos consumidores ao escolher um varejista. Segundo o Relatório Varejo 2021, publicado pela Adyen, líder global em pagamentos, 82% dos entrevistados brasileiros concordam que pagar bem os funcionários, contribuir para a comunidade e se preocupar com o meio ambiente se tornaram temas de maior relevância durante a pandemia.

Esse fator ganhou tanta importância que 73% dos entrevistados afirmaram que mudariam o seu trajeto para comprar de um negócio que se engajou socialmente no ano passado.

Maior atenção para negócios locais
Outra preocupação que marcou principalmente os primeiros meses da pandemia, quando uma maior parte da população estava seguindo o isolamento social à risca, foi a sobrevivência dos pequenos e médios negócios locais, que muitas vezes não tinham ainda uma operação online.

Entre os entrevistados, 71%  afirmaram que comprariam mais de negócios locais por desejarem que eles permanecessem abertos. E o mais interessante é ver como esses comerciantes conseguiram fidelizar a clientela, já que 76% dizem pretender continuar comprando de varejistas com os quais contaram durante a pandemia.

O Relatório Varejo 2021 entrevistou de forma online 2 mil consumidores de todas as regiões brasileiras. Para visualizar o material completo, acesse o link.

Deixe uma resposta