Nubank ultrapassa a marca de 35 milhões clientes no Brasil

O Nubank, banco digital independente, superou a marca de 35 milhões de clientes no Brasil. O número representa um crescimento superior a 50% na base de usuários em um único ano – em março do ano passado, eram cerca de 23 milhões.

Fundado em 2013, o Nubank possui clientes em 100% dos municípios brasileiros. Ao longo desses anos, já permitiu uma economia de mais de R$ 19 bilhões aos usuários com serviços como cartão de crédito sem anuidade e conta digital com transferências e manutenção gratuitas. O cálculo é feito com base no custo médio praticado pelo mercado em tarifas para abertura de conta, taxas de manutenção e transferências internas e entre bancos e cobrança de anuidade do cartão.

Atualmente, dos  mais de 35 milhões de clientes, 21 milhões possuem o cartão de crédito roxinho e 32,5 milhões possuem a conta digital, que encerrou 2020 com o total de R$ 29,6 bilhões em depósitos – montante 100% maior que o registrado ao final do ano anterior.

Valor de mercado, aquisições e expansão

Com mais de US$ 1,2 bilhão captados em sete rodadas de investimentos desde a sua fundação, o Nubank já é uma das cinco instituições financeiras mais valiosas da América Latina. De 2020 até o presente momento, o banco digital completou a aquisição de três empresas: a Easynvest, corretora digital de investimentos com mais de 1,5 milhão de clientes; a Cognitect, empresa de tecnologia norte-americana, que é referência internacional no mercado de engenharia de software e criadora de algumas das mais importantes linguagens funcionais de programação; e a Plataformatec, consultoria de tecnologia especializada em metodologia ágil.

No período, o Nubank também iniciou suas operações no México e na Colômbia com o lançamento do cartão de crédito roxinho e diversificou seu portfólio no Brasil, passando a oferecer produtos de seguro, investimento e soluções de pagamento instantâneo.

SOBRE O NUBANK

O Nubank foi fundado em 2013 para libertar as pessoas de um sistema financeiro burocrático, lento e ineficiente. Desde então, por meio de tecnologia inovadora e excelente atendimento ao cliente, a empresa vem redefinindo o relacionamento das pessoas com o dinheiro em toda a América Latina. Com operações no Brasil, México e Colômbia, o Nubank é hoje o maior banco digital independente do mundo, reinventando a vida financeira de mais de 35 milhões de clientes.

O Nubank atingiu esse patamar ao oferecer um cartão de crédito sem anuidade, totalmente gerenciado por um aplicativo, hoje usado por cerca de 21 milhões de usuários, e uma conta digital, livre de tarifas, atualmente utilizada por cerca de 32,5 milhões de brasileiros. O Nubank também oferece empréstimo pessoal transparente e descomplicado, um programa de benefícios com pontos que nunca expiram, uma conta para pequenas e médias empresas e seguro de vida. Em 2020, a empresa anunciou a aquisição da corretora digital Easynvest, uma das primeiras corretoras a oferecer acesso online à Bolsa no Brasil, que possui mais de 1,5 milhão de clientes e R$ 23 bilhões de ativos sob custódia.O Nubank, ao longo dos sete anos de sua história, levantou mais de US$ 1,2 bilhão com alguns dos investidores de tecnologia mais conhecidos do mundo, Sequoia, DST, Tencent, Tiger, Kaszek, Founders Fund, Dragoneer, TCV, Redpoint, Ribbit, GIC, Whale Rock, Invesco and QED.

O Nubank foi eleito pela revista Forbes como o melhor banco do Brasil — e um dos melhores do mundo — por dois anos seguidos, em 2019 e 2020. Também foi reconhecido pela revista Fast Company como a empresa mais inovadora da América Latina e o “challenger bank” mais valioso pela CB Insights.Hoje, o Nubank é uma empresa global, com escritórios em São Paulo (Brasil), Cidade do México (México), Buenos Aires (Argentina), Bogotá (Colômbia), Durham (Estados Unidos) e Berlim (Alemanha). Foi fundado em 2013 em São Paulo, pelo colombiano David Vélez, e tem como cofundadores a brasileira Cristina Junqueira e o americano Edward Wible. Para mais informações, visite www.nubank.com.br.

Deixe uma resposta