Entenda como o Coworking chegou ao Brasil e se consolidou como mercado mais prático e atraente

Segundo a plataforma Coworking Brasil, os escritórios inteligentes modernos tiveram  início em 2005, com a abertura do San Francisco Coworking Space, porém, o assunto já havia sido discutido bem antes disso. O nome e o conceito dessa nova modalidade de trabalho surgiu em 2000 pelo escritor e designer de games norte-americano, Bernard DeKoven. O fato é que nesse tempo já pensava-se nessa nova modalidade de trabalho, onde profissionais de vários segmentos pudessem interagir entre si, gerando assim uma troca de informações mútua. No Brasil, o termo foi falado pela primeira vez em 2007, no blog do Hub São Paulo, que falava sobre a criação do primeiro espaço no país, o Ponto de Contato, que foi criado em 2008.

Anos depois, essa nova opção tem se tornado ainda mais usual entre profissionais de todas as áreas. Alguns motivos para esse crescimento se dá aos diversos benefícios oferecidos pelos coworkings, tais como: comodidade no ambiente de trabalho, flexibilidade de horários para utilizar os espaços, valores acessíveis para todos os públicos, além de uma ótima opção para fazer networking. De acordo com o último Censo Coworking Brasil de 2019, já são mais de 1.400 espaços reconhecidos no país. Houve um crescimento de 25% em relação ao ano de 2018, quando foram registrados 1.194 estabelecimentos. E esses números só tendem a crescer mais e mais.

Foi a partir daí que surgiu a Unijuris, um coworking exclusivo para a advocacia no Ceará, sendo o pioneiro em ofertar o serviço, com funcionamento desde 2015. Com planos acessíveis e um espaço confortável, os escritórios inteligentes já estão prontos para a atuação profissional da advocacia, com a finalidade de dar mais praticidade e celeridade no trabalho desses profissionais. O diretor da Unijuris, Matheus Brito, explica o motivo pelo qual decidiu começar o empreendimento: “A Unijuris surgiu da percepção de que, para o advogado, é muito pesado montar e manter um escritório convencional, principalmente quando em início de carreira”. Ele destaca ainda que a “nossa missão é facilitar o exercício da profissão do advogado e advogada, oferecendo espaços e serviços que valorizam a atuação e a imagem desse profissional sempre com muita honestidade e compromisso”.

Deixe uma resposta