Agefis e Guarda Municipal chegam à marca de 116 fiscalizações em Fortaleza (CE) na Semana Santa

A Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) e a Guarda Municipal realizaram 116 fiscalizações na Semana Santa, entre 1º e 4 de abril. As ações resultaram em nove autuações e cinco estabelecimentos interditados por descumprimento aos decretos estadual e municipal de Isolamento Social Rígido. Os dados foram apresentados em live nesta segunda-feira (5/4) pela superintendente da Agefis, Laura Jucá, e pelo secretário municipal da Segurança Cidadã, coronel Eduardo Holanda.

No período também foram realizadas ações de combate a aglomerações, com ordenação de filas e distribuição de máscaras em peixarias e marcados de peixes. Foram realizadas também três apreensões de paredões de som, nos bairros Jacarecanga, Maraponga e José Walter.

“É muito importante lembrar que a fiscalização tem o objetivo de sensibilizar a população para que cumpram as medidas de prevenção à Covid e, assim, desacelerar os números de contaminação. O apoio da população é essencial nesse processo”, comentou Laura Jucá.

As ações de fiscalização contam com a participação da Guarda Municipal de Fortaleza (GMFor), da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) e do Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA).

O secretário da Segurança Cidadã reforçou o pedido para que a população permaneça em casa e só saia se realmente for necessário. “Precisamos, ainda essa semana, fazer valer todas as determinações do decreto de Isolamento Social Rígido. Todo o esforço permanece e é fundamental que a população nos ajude. Permanecem abertos os canais de denúncias para quem perceber qualquer tipo de alglomeração ou festa clandestina. Estamos preservando vidas e contamos com cada um de vocês para que possamos vencer esse vírus”, destacou coronel Holanda.

Denúncias

Denúncias de irregularidades podem ser feitas por meio do aplicativo Fiscalize Fortaleza (disponível para Android e IOS), do site https://denuncia.agefis.fortaleza.ce.gov.br e do telefone 156.

Deixe uma resposta