Brasil

Prefeito Roberto Cláudio apresenta ocorrência de casos de #covid-19 nas Regionais de Fortaleza

Posted on Updated on

O prefeito Roberto Cláudio apresentou, nesta terça-feira (07/04), em transmissão ao vivo nas redes sociais, um mapa da distribuição espacial de Fortaleza mostrando a localização dos 919 casos confirmados de Covid-19 em 95 dos 122 bairros da Cidade, aproximadamente 80% do território. Ressaltando a importância do isolamento social, o Gestor enfatizou que a doença não se restringe a uma área ou faixa de renda específica.

“A doença começou na Regional II e no Centro, onde hoje podemos ver que há uma maior concentração de casos, mas se espalhou por todas as Regionais. Temos a circulação viral em todo o território e essa informação é fundamental para o cumprimento do isolamento social ao qual estamos submetidos”, disse.

De acordo com o Prefeito, a missão do isolamento é fazer com que a transmissão ocorra de forma mais lenta, com menos ocorrência de casos ao mesmo tempo, considerando que 10 a 20% dos infectados precisam de internamento e 5% necessitam de leitos de terapia intensiva. “Até o dia 20, temos um decreto de isolamento social, que é a medida mais eficiente, baseado em experiências internacionais, recomendações científicas e médicos especialistas”, ressaltou.
Para auxiliar o cumprimento da medida e evitar a formação de aglomerações, Roberto Cláudio anunciou que a partir desta quarta-feira (08/04), equipes da Guarda Municipal, Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), Defesa Civil e agentes de endemia irão passar a fiscalizar os bairros, de modo a desacelerar a transmissão do coronavírus.

Aquisição de máscaras

Outro ponto abordado pelo prefeito Roberto Cláudio foi a aquisição de cerca de 3 milhões de máscaras de tecido pela Prefeitura e pelo Governo do Estado para uso comunitário, fomentando a distribuição de renda para profissionais autônomos de costura, microempreendedores individuais e microempresas.

As inscrições seguem até o final desta terça (07/04) exclusivamente na plataforma do Todos com Máscara, onde os interessados devem preencher o formulário disponível.

Clique e confira o edital

Conforme o Prefeito, a iniciativa também segue a orientação de agências de saúde internacionais de que o uso das máscaras reduz a transmissibilidade do coronavírus e já conta com mais de 4 mil inscritos. A previsão é começar a distribuir o estoque a partir do final da próxima semana em locais como lotéricas, bancos, supermercados, farmácias e terminais.

Novos leitos

Roberto Cláudio falou, ainda, sobre a abertura de novos leitos e o aumento da estrutura assistencial em Fortaleza. O Gestor citou que no último domingo (05/04), foram abertos 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva no Instituto Dr. José Frota 2 (IJF2), que continuarão sendo ampliados, progressivamente, e que até o próximo dia 20, serão 50 leitos à disposição de pacientes graves da Covid-19.

O Prefeito também destacou a abertura de 20 novos leitos exclusivos para pacientes de baixa ou média complexidade na UPA do Edson Queiroz, com mais 20 na UPA do Bom Jardim até 13 de abril, e outras 20 na UPA da Vila Velha até o próximo dia 23, além de mais 80 novos leitos nas UPAs do Jangurussu e do Itaperi, somando um total de 140 em 5 das 6 Unidades municipais.

Além disso, Roberto Cláudio comprometeu-se em antecipar a abertura do primeiro galpão com 51 leitos do primeiro bloco do hospital do Estádio Presidente Vargas. Para ele, essas são medidas essenciais para preparar a Cidade para o pico do coronavírus, de forma a garantir estrutura e assistência aos pacientes.

Camilo: “É preciso falar de distanciamento social”

Posted on

O governador Camilo Santa (PT0, do Ceará, fala sobre as ações do Estado no combate ao coronavírus. Ele destaca o equilíbrio das contas públicas e anuncia para amanhã reunião com os prefeitos cearenses.

“Contem conosco”

Posted on Updated on

Artigo de João Carlos Marchesan, administrador de empresas, empresário e presidente do Conselho de Administração da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ):

Estamos vivendo um momento particularmente difícil no País como um todo e na indústria em particular. Com essa consciência, temos envidado todos os esforços no sentido de minimizar os efeitos deletérios que a pandemia coronavírus está trazendo a todos os brasileiros.

Se até o presente momento, a ABIMAQ considerava importante uma interlocução com os governos federal e estaduais, agora, com o momento que estamos vivendo, essa importância foi multiplicada. Diariamente temos divulgado as medidas que julgamos os governos deveriam adotar e aquelas que tem sido adotadas e quais os impactos que o nosso setor vai sofrer, bem como quais as nossas ações para impedir prejuízos ainda maiores.

Temos um canal aberto com o governo federal e sabemos que muitas das medidas anunciadas pelo tiveram origem em nossos estudos e trabalhos. Temos tido muitas interlocuções com o governo, reuniões, correspondências, telefonemas e etc. Disponibilizamos nossos materiais com análises e possíveis consequências de um período prolongado de dificuldades econômicas, causadas pela pandemia do Covid-19.

O SINDIMAQ e a ABIMAQ estão atuando junto às autoridades fornecendo dados e sugestões para o efetivo combate aos efeitos deletérios da crise, atuando especificamente na manutenção das nossas atividades; manutenção do emprego e medidas para estimular a demanda.

Solicitamos desde dilatação do prazo para pagamentos dos impostos federais por um período de 120 a 180 dias, até autorização para parcelamento de salários por um período determinado, incluindo o adiamento do pagamento dos encargos sobre a folha de pagamento. Entendemos que medidas como Lay Off e redução de jornada com redução proporcional de salários são medidas fundamentais para a manutenção dos empregos.

A necessidade de crédito também fez parte das nossas sugestões. Capital de Giro para folha de pagamentos, fornecedores e impostos são vitais. Entendemos que o BNDES, que possui R$ 140 bilhões em caixa, pode e deve fazer muito mais do que anunciou até aqui.

Outra medida que sugerimos ao governo federal e aos governos estaduais é o adiamente de recolhimento de impostos por 90 dias.

Entendemos que dada a importância da crise e a falta de previsibilidade que os empresários estão trabalhando, os governos deveriam fazer bem mais do que fizeram até agora sob pena de haver muitos problemas com a sobrevivência das empresas e um colapso da economia.

Na esfera sindical, representantes do SINDIMAQ – Sindicato Nacional da Indústria de Máquinas estão se reunindo constantemente com representantes da Força Sindical e da CUT, negociando questões relacionadas a manutenção de empregos, Lay Off, Redução de Jornada, antecipação de férias, banco de horas e etc.

Sugerimos ainda ao governo retomar em caráter emergencial os investimentos públicos nas obras de infraestrutura que estão paradas desde o início da crise da operação “Lava Jato”, priorizando aquelas com alto poder multiplicador do emprego e renda, já que acreditamos que isto poderia ser gerenciado por um gabinete de crise, com poderes para destravar o rápido início destas obras, que não dependem de projetos ou de licenciamentos sempre morosos e complexos.

Diariamente nos dedicamos à tarefa de interpretar e passar a todos os associados todas as medidas econômicas emergenciais voltadas às empresas e acreditamos sinceramente que se essas medidas forem implementadas rapidamente e de forma eficiente os efeitos do coronavirus sobre a economia brasileira poderão ser atenuados.

O comentário do Deodato Ramalho

Posted on

O advogado Deodato Ramalho comenta sobre os rumos da “nave Brasil” em tempos de tormenta:

Oi oferece benefícios para pequenos empreendedores durante o período de isolamento social

Posted on Updated on

Sob pressão, Oi procura bancos para levantar R$ 2,5 bi e encontrar ...

A Oi, operadora de telecomunicações, está oferecendo benefícios para pequenos empreendedores que demandam serviços de voz e dados, plataformas de marketing e colaboração, além de flexibilizar pagamentos de débitos pendentes com a companhia durante o período de isolamento social. As iniciativas da operadora têm como objetivo garantir mais conectividade e comunicação para clientes que buscam fomentar e ampliar o alcance dos seus negócios em jornada empreendedora.

Mais internet e ferramentas de trabalho para clientes pós-pago

Para clientes pós-pago do plano “Oi Mais Celular” manterem seus negócios conectados, a companhia aumentou o limite de todos os pacotes de dados para 50GB, sem custo adicional. Esse benefício será válido até 31 de julho. Além disso, a Oi isenta o consumo do pacote de dados para os clientes empresariais que utilizam a plataforma Microsoft Teams, serviço integrado ao pacote Microsoft 365, sendo essa uma solução de colaboração que unifica videoconferências e armazenamento de arquivos.

Siga-me para todo o Brasil

A partir de 10 de abril, a Oi disponibiliza de forma gratuita o serviço “Siga-me” para os telefones fixos dos seus clientes nas seguintes UFs: DF, GO, PR, SC e RS. No final do mês de abril, o serviço estará disponível para todo o país. Com o “Siga-me”, pequenos empreendedores poderão redirecionar as chamadas do seu negócio para qualquer outro telefone móvel ou fixo, atendendo essas chamadas mesmo que estejam em casa. Assim, eles conseguem receber ligações do seu escritório em qualquer lugar. Para ter acesso a este serviço, basta ligar no atendimento (0800 031 0800) e solicitá-lo.

Oi Ads

Para ajudar os empreendedores que buscam divulgar os seus produtos e serviços nas plataformas digitais neste momento de isolamento social, a Oi libera a plataforma de marketing digital Oi Ads, dando autonomia aos clientes empresariais para desenvolverem as suas próprias campanhas de mídia digital, do início ao fim, com a possibilidade de segmentação da comunicação por bairro, gênero e faixa etária, sempre respeitando a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). O Oi Ads dá a possibilidade de disparo de até 3 mil ações por mês e estará disponível a partir do dia 7 de abril, de forma gratuita por três meses, para toda base de clientes empresariais da Oi.

Flexibilização da política de parcelamento

Mediante pedido dos nossos clientes empresariais, a Oi vai flexibilizar a sua política de parcelamento para clientes que estejam inadimplentes por até 90 dias, oferecendo a possibilidade de parcelamento das faturas em até 10 vezes, sem aplicação de multas. Neste caso, as solicitações devem ser realizadas após o dia 06 de abril nos canais de atendimento por telefone de cada serviço.

Postergação do vencimento

Outra iniciativa da operadora será postergar, a pedido dos clientes, o prazo de vencimento das contas em 10 dias. A postergação estará disponível a partir de 06 de abril, mediante a solicitação dos clientes diretamente no atendimento eletrônico do serviço.

Desbloqueio de Serviços

Além disso, a Oi está desbloqueando os serviços interrompidos por inadimplência por uma semana, para clientes que comunicarem que já efetuaram o pagamento ou que irão efetuá-lo nos próximos sete dias. A solicitação já pode ser feita diretamente pelo App Oi Mais Empresas ou através do atendimento eletrônico.

Diretor da IXL Center participa de live do Senac Ceará sobre novas relações de negócios

Posted on Updated on

Manuel Mendes apresenta visão sobre as mudanças corporativas junto ao consultor de Relacionamento Institucional do Senac Ceará, professor Luís Antônio Rabelo. A  live  acontece nas redes sociais do Senac Ceará. Confira em @senacce (Foto: divulgação)

O mundo atual é das lives. Com a necessidade de ficar em casa, a possibilidade de fazer apresentações ao vivo nas redes sociais se tornou muito popular e vem sendo usada com os mais diversos fins. O Senac Ceará resolveu entrar nessa onda como uma forma de levar conhecimento a um maior número de pessoas, afinal aprender não só pode ser divertido como também pode ser uma forma de aproveitar bem o tempo em casa. Essa semana, as lives acontecem de segunda a quinta-feira, sempre às 15h, nos perfil do Senac Ceará no Instagram.

A semana começou com a live O Futuro da Moda, apresentada por Eduardo Motta, designer, consultor e crítico de moda e autor do livro Meu coração coroado: Mestre Espedito Seleiro (editora Senac Ceará).  
Na terça-feira (07), o tema serão as novas relações de negócios e a apresentação será feita por dois grandes conhecedores do assunto: o professor Luís Antônio Rabelo, consultor de Relacionamento Institucional do Senac Ceará, e Manuel Mendes, diretor do Boston Innovation Gateway e diretor executivo da consultoria norte americana IXL Center, parceira do Senac na implantação de projetos de inovação.

Quarta-feira, o momento será para falar sobre crescimento profissional, com a live Desenvolvimento de Carreira. A convidada é Janete Bezerra, presidente da Associação Brasileira de Recursos Humanos – ABRH-CE (2019-2021) e membro do Comitê de Gestão Estratégica de Pessoas da American Chamber of Commerce – AMCHAM. Também participa da apresentação o Gerente de Desenvolvimento e Tecnologia Educacional no Senac Ceará, Sidarta Cabral.

Quem encerra a programação é Marcelo Belisário, autor do livro Ilustração de Moda: Técnicas, Ideias e Experimentações para Colorir (Editora Senac Ceará). Marcelo já foi instrutor do Senac e hoje é professor universitário nas áreas de Moda e Desenho, além de consultor de produtos de moda. Na live, que acontece quinta-feira (09), ele fará uma oficina de técnicas de ilustração.

Tudo em Casa

Com o objetivo de promover bem-estar, cultura e conhecimento durante o período de distanciamento social, o Tudo em Casa Fecomércio vem levando conteúdo educativo, empresarial e de entretenimento por meio lives e vídeos disponibilizados nas redes sociais do Sesc (@sescce), Senac (@senacce), Fecomércio Ceará (@fecomercioceoficial), de artistas e parceiros. Para acompanhar a programação, basta seguir a hashtag #tudoemcasafecomercio nas redes sociais, ou acessar a plataforma tudoemcasafecomercio.com.br

Com #coronvirus, catadores de recicláveis ficam sem trabalho e renda

Posted on Updated on

Os catadores de materiais recicláveis de diferentes capitais atualmente passam por uma situação dramática. Embora seja fundamental para o meio ambiente, a coleta seletiva não foi considerado essencial pelas prefeituras, nas medidas tomadas por conta da pandemia de coronavírus (Covid-19).

Desta maneira, os catadores que tiram seu sustento do material que a população joga fora estão impedidos de trabalhar. Além disso, as poucas cooperativas que estão operando parcialmente têm que lidar com o medo do vírus, já que a triagem dos materiais recicláveis é manual e há risco de contaminação. Há ainda o agravante de que grande parte dos profissionais integra o grupo de risco: idosos e pessoas com doenças associadas.

Para amenizar parte desta dificuldade vivida por estes profissionais fundamentais para a preservação do meio ambiente, a organização Visões da Terra, consultoria em sustentabilidade que há 11 anos realiza apoio técnico a cooperativas de catadores, abriu uma campanha de financiamento coletivo, que pode ser acessada no site https://www.vakinha.com.br/vaquinha/renda-minima-para-352-catadores.

“Sabemos do risco que é lidar com o resíduo, ainda mais neste momento de grave crise na saúde. Porém, 352 famílias com quem trabalhamos diretamente, em seis estados brasileiros, ficaram sem renda. São várias as dificuldades, que vão desde o fechamento de cooperativas em algumas cidades, como Fortaleza, passando até mesmo pelo material que já havia sido recolhido em estoque estar sem comprador neste período de quarentena”, explica a geógrafa Luciana Lopes, uma das fundadoras da Visões da Terra.

A campanha busca garantir uma renda emergencial de R$ 100,00 para cada trabalhador como primeira meta. A segunda é garantir R$ 200,00 para cada e a terceira, R$ 300,00, até que seja possível retomar as atividades ou sejam recebidos recursos via poder público.

Os valores serão repassados integralmente às 19 cooperativas que contam com o apoio da Visões da Terra. Em Fortaleza são três: Socrelp, Reciclando e Rosa Virgínia, totalizando 44 famílias de catadores. Atualmente a campanha nacional já arrecadou R$ 5.670,00, da meta de R$ 115.600,00. Portanto, a ajuda da sociedade civil se torna urgente.

“Estamos também monitorando e contribuindo para organizar politicas públicas de renda mínima, mas a nossa maior preocupação é fazer com que os catadores sobrevivam e possam levar comida para suas casas, enquanto os projetos de lei para a renda da população não são aprovados. O tempo das leis é diferente do tempo da fome”, avalia Oriana Rey, sócia da Visões da Terra.

VISÕES DA TERRA

Consultoria em sustentabilidade com sedes no Rio de Janeiro e São Paulo, é responsável pela implementação do Programa Dê a Mão para o Futuro em Fortaleza (CE), além de projetos em outros oito estados no Brasil. Mais informações: http://www.visoesdaterra.com.br/.

Mega Artesanal 2020 anuncia novas datas

Posted on Updated on

A WR São Paulo Feiras e Congressos, realizadora Mega Artesanal, maior feira de produtos e técnicas de artes manuais da América Latina, anuncia a decisão de adiar a feira. Para garantir a saúde e segurança públicas, a feira que ocorreria entre os dias 31 de julho e 05 de agosto, agora será realizada de 12 a 17 de dezembro de 2020, no São Paulo Expo.

“Em 2019 a feira recebeu 124 mil visitantes e mais de 400 expositores, de grandes nomes da indústria e do comércio, até confeiteiros, ateliês e artesãos de todas as técnicas. É pensando nessas pessoas, que prestigiam e valorizam nosso trabalho, que optamos por adiar em alguns meses a feira e garantir que ela aconteça num momento mais tranquilo e seguro”, explica Rita Mazzotti, sócia fundadora da WR São Paulo.

 Para quem já comprou seus ingressos, eles continuarão valendo para a nova data. O mesmo serve para os lojistas que se cadastraram para a edição de julho, também não precisarão refazê-lo. 

Sobre a Mega Artesanal – Ponto de encontro anual do setor de artes manuais, a Mega Artesanal oferece uma experiência completa de consumo, conteúdo e relacionamento. Em uma área de mais de 38 mil m²,  os visitantes encontram tudo o que precisam para criar, exposições para se inspirar, cursos para aprender alguma técnica ou para se reciclar, e ainda ficam frente a frente com os grandes criadores do setor que fazem sucesso na TV e na internet.

#Covid-19: Vivo inicia parcelamento de contas de inadimplentes até 10 vezes sem juros e multa

Posted on Updated on

O temido limite de franquia na internet fixa da Vivo pode não ...

Está em vigência o plano de parcelamento, em até dez vezes sem juros e sem multa, de contas de clientes que estão em inadimplência com a operadora Vivo, seja móvel ou fixo, incluindo telefonia fixa, banda larga e TV por assinatura. A iniciativa, que terá validade durante o mês de abril, podendo ser prorrogada pela Vivo, também oferece aos inadimplentes um bônus de 15 dias extras para utilização de qualquer serviço contratado, caso o cliente ainda não esteja em período de bloqueio total.

Ações:

• Parcelamento: os clientes em situação de inadimplência, seja móvel ou fixo, incluindo telefonia fixa, banda larga e TV por assinatura, poderão parcelar seus débitos em até 10 vezes, sem cobrança de multa e de juros adicionais sobre os acordos de parcelamento.

• Desbloqueio dos serviços: consumidores com débitos pendentes poderão pedir a manutenção dos serviços por até 15 dias extras, desde que não ultrapassem o prazo do bloqueio total. Com esta medida, o cliente permanecerá com os serviços, tanto móvel, com dados, voz, SMS, quanto fixo, incluindo banda larga, voz e TV, sem qualquer desconexão, mesmo estando inadimplente. A solicitação deve ser feita através dos canais digitais da Vivo, como o portal Vivo Regulariza Fácil, e/ou pelo Meu Vivo. Atingido o prazo estabelecido do bloqueio total, o processo normal de cobrança é retomado

• Canais digitais: a Vivo tem incentivado ainda mais o uso de seus canais digitais, com portal web, Meu Vivo, etc, para transações que os clientes mais costumam realizar presencialmente, como solicitação de 2ª via de faturas e pagamentos, contribuindo para o cumprimento das orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e Ministério da Saúde que pedem às pessoas o isolamento social, como principal forma de combater a transmissão do vírus. E a empresa vem percebendo uma aderência maior de consumidores aos seus meios digitais durante esse período. O aplicativo Meu Vivo Fixo, por exemplo, registrou grande crescimento e chegou a triplicar o atendimento em alguns momentos nesses últimos dias.

As novas iniciativas somam-se a uma série de medidas já realizadas pela Vivo, logo no início do pedido de isolamento social, para manter a conexão e o acesso à informação a seus clientes, como liberação de mais de 100 canais de TV, bônus de internet no celular por dois meses e isenção de cobrança de franquias de dados no uso de ferramentas de colaboração aos usuários corporativos.

Programação cultural do Sesc no Tudo em Casa oferece entretenimento e mantém cachê dos artistas

Posted on Updated on

Lançada pelo Sistema Fecomércio Ceará, a Plataforma Tudo em Casa reúne conteúdo educativo e de entretenimento em um só lugar, facilitando a busca de atividades, informações e interação à distância. Só nas duas primeiras semanas, por exemplo, o Sesc Ceará deu visibilidade para 80 projetos culturais, reunindo mais de 50 grupos e artistas, que se credenciaram nos chamamentos públicos de 2019 e 2020.

De casa, os músicos, atores, cantores, contadores de histórias, escritores, dentre outros, recebem cachê do Sesc e enriquecem a programação #tudoemcasafecomercio. A iniciativa também é uma forma de fomentar os artistas e toda a cadeia produtiva que envolve a cultura no Ceará. As lives podem ser vistas, primeiramente, nas redes sociais dos próprios artistas. Em seguida, esses conteúdos são disponibilizados da Plataforma Tudo em Casa, como forma de mais pessoas terem acesso aos conteúdos a qualquer momento do dia

E nesta semana, o Sesc segue com a programação cultural online de shows, narrações de histórias, conversa com escritores, oficinas literárias, oficinas teatrais, bate-papo com autores e performances, entre outras ações, que acontecem de 08 a 12 de abril. Na quarta-feira, por exemplo, às 16h30, o público poderá conferir o espetáculo“Circo de uma Mulher Só”, da Cia Itinerante de Malabares (@companhiaitinerante).

Os amantes das artes cênicas também terão a chance de assistir, na quinta-feira, às 18h30, a peça “Poeira”, do Grupo Ninho de Teatro (@gruponinho), que já percorreu diversas cidades do País. Em seguida, às 19h, os integrantes da companhia realizarão um bate-papo sobre a concepção artística do espetáculo, que aborda o prazer de se misturar e a alegria que se sente ao se encontrar os inspiradores mestres da cultura popular.

Já na sexta-feira, um dos destaques da programação é a apresentação do projeto musical “Selestial”, com Júnio Crato e Fabrício da Rocha (@fabriciodarocha_oficial), que acontecerá às 17h30. Na live, os artistas mostrarão ao público a genialidade de Hermeto Pascoal, com releituras ousadas de suas composições mais expressivas.

No sábado, às 16h, o Grupo Epidemia de BONECOS (@epidemiadebonecos) promoverá uma oficina para lá de divertida de máscaras na cena teatral. E no domingo, o repentista de Jaguaretama (CE), Charles Gomes (charles.gomes.146069), apresentará sua música e poesia aos espectadores a partir das 19h.

Confira a programação completa do Sesc no Tudo em Casa: