Elanco encerra processo de abertura de capital na Bolsa de Nova York

Posted on Updated on

A Elanco Saúde Animal anunciou que a partir de agora é uma empresa totalmente independente, consolidada como a segunda maior empresa do mundo dedicada exclusivamente à saúde animal. O processo de abertura de capital da Elanco na Bolsa de Valores de Nova Iorque teve início em setembro de 2018 e foi finalizado quando a Eli Lilly and Company, sua ex-controladora, concluiu a venda das suas ações remanescentes na companhia. Este evento completa a jornada iniciada em 2017, quando a Lilly anunciou pela primeira vez possíveis alternativas estratégicas para a sua empresa de saúde animal fundada em 1954.

A independência da Elanco é resultado da diversificação empresarial e da expansão de sua influência internacional – partindo de um foco quase exclusivo no mercado norte-americano para uma atuação global, responsável atualmente por quase metade das vendas da empresa. A companhia também consolidou a sua divisão de produtos voltados aos animais domésticos, que hoje representa cerca de um terço do faturamento da Elanco globalmente.

“Isso reflete o trabalho árduo de nossa equipe nos últimos dois anos, a confiança de que temos a estratégia certa e que estamos progredindo com êxito na execução deste plano. Através desta conquista, esperamos ter um foco único, oferecendo soluções e serviços inovadores para nossos clientes — produtores rurais, veterinários e donos de animais de estimação, que são fundamentais para o nosso sucesso. Damos as boas-vindas aos novos acionistas da Elanco e agradecemos aos nossos parceiros e à Lilly pelas décadas de apoio”, afirma Jeff Simmons, presidente e CEO da companhia.

Elanco é líder em um atrativo e crescente mercado global de saúde animal, puxado por um forte crescimento industrial baseado no aumento da demanda mundial por proteína — carnes, leite, peixes e ovos — que deve crescer cerca de 75% até 2050[1]. A avicultura e a aquicultura são os segmentos que deverão apresentar o maior aumento na demanda. Além disso, cada vez mais pessoas têm animais de estimação e estão cuidando melhor deles, o que prolonga a vida desses animais, que podem eventualmente sofrer com as consequências naturais do envelhecimento, assim como acontece com os humanos.

O bem-estar animal também está se tornando cada vez mais importante para os consumidores, seja de um gato, uma vaca ou um frango. As pessoas hoje querem que os animais tenham uma vida de qualidade e que sejam bem cuidados. Atualmente, 60% dos consumidores dizem estar mais preocupados com o bem-estar animal e o modo como são tratados.

Como uma empresa totalmente dedicada à saúde animal, a Elanco continuará identificando as necessidades de seus clientes com o objetivo de cumprir a sua promessa de inovar sempre para beneficiar agricultores, veterinários e tutores e melhorar a saúde dos animais sob seus cuidados, além de melhorar continuamente o seu portfólio de produtos e o alcance de suas marcas.

“Inicia-se um novo capítulo na história da Elanco. A partir de agora começamos a nossa jornada como uma empresa independente de saúde animal”, diz Carlos Kuada, diretor-presidente da Elanco no Brasil e América Latina. “Identificamos que, na última década, a posse de animais de estimação cresceu 5% nos mercados desenvolvidos e até 50% nos mercados emergentes. Também entendemos os desafios da demanda global por proteína. Não podemos atender à crescente demanda simplesmente adicionando animais. Precisamos tornar a produção mais eficiente e sustentável.”

A Elanco construiu ao longo dos anos um portfólio de marcas globais confiáveis ​​e uma relação de proximidade com os seus clientes, oferecendo soluções e serviços que vão além de seus produtos com o objetivo de auxiliar os produtores tanto na parte operacional quanto na parte analítica de seus negócios. “Estamos preparados para aproveitar os fortes indicadores de crescimento da indústria e esperamos construir um futuro brilhante ao lado de nossos clientes e funcionários”, conclui Kuada.

Deixe uma resposta