Rio Grande do Norte

Articulação defende subsídio do milho

Posted on Updated on

 

O presidente do Senado, o cearense Eunício Oliveira (PMDB), iniciou com o presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Francisco Marcelo Rodrigues Bezerra, mobilização para estender os efeitos de portaria do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que beneficia pequenos criadores e agroindústrias de pequeno porte das regiões Norte e Nordeste.

A portaria dá aos pequenos produtores, por meio do Programa Vendas em Balcão da Conab, acesso aos estoques de milho do governo a preços compatíveis aos do mercado atacadista local. Mas a regra perderá validade já em 31 de dezembro próximo, o que pode prejudicar milhares de produtores e criadores rurais.

Em decorrência da medida, a saca de 60 kg é vendida hoje a R$ 33 nos municípios do Norte e Nordeste.

O presidente da Conab argumenta que, com sete meses em vigor, as repercussões da Portaria são “bastante
expressivas” na movimentação da economia local. Segundo estudo da Companhia, no volume de vendas nos 15 estados atendidos, de 10 de abril passado a 9 de novembro, o comércio em balcão de milho em grãos a preço subsidiado superou 86% o volume de vendas no mesmo período de 2016.

Eunício disse que vai tratar com o presidente da República, Michel Temer, e com o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, defendendo a prorrogação da medida.

Manual da UFRN trata da diversidade no mercado publicitário

Posted on Updated on

O grupo de pesquisa Ciberpublicidade e Sociabilidades Digitais do Departamento de Comunicação Social (Decom) da  Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) lança um manual da diversidade para o mercado publicitário, produto fruto do Projeto de Extensão DIV.A.S – Diversidade, Ação e Sensibilidade na Publicidade Brasileira, realizado ao longo deste ano.

A  produção do manual envolveu entrevistas, pesquisas bibliográficas e dados estatísticos, com o intuito de embasar as dicas do manual e trazer argumentos sólidos para os profissionais das áreas de Marketing e Publicidade convencerem seus clientes a adotarem a prática da inclusão com responsabilidade.

O projeto de extensão nasceu com o objetivo de oferecer aos anunciantes, agências e profissionais do mercado um guia aprofundado para a criação publicitária diante das demandas atuais da diversidade e da representatividade.

A íntegra está aqui.

Recomposição ambiental em Natal ganha força com ações de fiscalização

Posted on Updated on

Da Prefeitura de Natal (RN):

O trabalho de combate à poluição visual realizado pela secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) de Natal, capital do Rio Grande do Norte, tem trazido outros benefícios, que vão além da diminuição dos problemas produzidos pelo excesso de publicidade nas ruas da capital potiguar. O material apreendido pela fiscalização como faixas e placas está sendo reaproveitado em ações de educação ambiental e recomposição florestal de áreas de mangue na Grande Natal. Cerca de 230 faixas e placas apreendidas no último mês foram doadas para o projeto desenvolvido por alunos do curso de Gestão Ambiental e Engenharia Ambiental da Universidade Potiguar (UnP) no entorno do estuário do Rio Ceará-Mirim.

“Faixas e placas apreendidas nas ações de fiscalização realizadas pela Semurb possuem destino certo. Os tutores (madeiras de sustentação das faixas) tornam-se apoios para mudas de arvores e o tecido transforma-se em ecobags. Já as placas, por ser material mais duro, servem para dar sustentação a informativos relativos a temas ambientais” conta Gustavo Szilagyi, Supervisor de Fiscalização de Ambientais Naturais e Biodiversidade da Semurb. Ele revela que cerca de 90% de todo o material retirado das ruas vai para organizações que desenvolvem atividades sustentáveis.

Natal parcela débitos fiscais pela Internet

Posted on Updated on

A Secretaria Municipal de Tributação (Semut) de Natal (RN) está oferecendo um laque de serviços ao  contribuinte via internet.

E isso inclui o parcelamento de débitos com o fisco municipal, com descontos de juros e multas que podem chegar a 90% para pagamento à vista ou parcelamentos do débito por até 60 meses.

O contribuinte vai encontrar na página da Semut um passo a passo para realizar vários serviços, como emissão de Nota Natalense, Nota Avulsa, consulta e pagamento do IPTU, ISS, entre outros e as informações sobre como proceder para ter acesso a cada um desses serviços.

O menu da Semut está aqui.

Nordeste tem inflação abaixo do índice nacional em junho

Posted on Updated on

dinheiroO Nordeste apresentou crescimento de 0,32% da inflação em junho, índice inferior ao verificado em âmbito nacional no mês (0,35%). A avaliação é resultado de monitoramento periódico do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), órgão de estudos regionais do Banco do Nordeste.

No acumulado dos últimos doze meses, a inflação no Nordeste registrou alta de 9,0%, nível mais elevado que o verificado em todo o Brasil (8,8%). Apesar disso, a região apresentou indicadores abaixo do nível nacional em seis dos nove grupos de preços pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Fortaleza continua com a maior taxa de elevação de preços na região, chegando a 10,4%. Em seguida, aparecem Salvador, que registrou inflação de 8,8%, e Recife, com índice de 8,5%.

Na avaliação mensal de junho, as três capitais mais populosas do Nordeste registraram variações equilibradas em comparação a maio: Fortaleza e Salvador, com 0,32%, e Recife, com 0,33%.

“Apesar de certa resiliência do processo inflacionário nos últimos meses, espera-se que, em razão da atividade econômica, conjugada com a diluição dos efeitos da elevação dos preços administrados em 2015, resulte no arrefecimento da pressão inflacionária”, afirma o estudo.

Do Banco do Nordeste.

Rio Grande do Norte se torna o maior produtor de energia eólica do Brasil

Posted on Updated on

O Rio Grande do Norte segue como principal produtor de energia eólica no País. No primeiro semestre de 2015, as usinas potiguares registraram 650 MW médios de energia, montante 142,6% maior do que o produzido nos seis primeiros meses do ano passado.

As usinas eólicas brasileiras aumentaram em 114% a produção de energia no primeiro semestre de 2015. De acordo com levantamento da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE, a geração média nos seis primeiros meses deste ano foi de 1.840 MW médios frente aos 860 MW médios alcançados no mesmo período do ano anterior.

Na sequência, aparece a Bahia, que triplicou sua geração eólica, com 406 MW médios (+297%), o Ceará com 362 MW médios (+48%) e o Rio Grande do Sul com 287 MW médios, aumento de 91% em relação ao montante gerado no mesmo período de 2014.

A geração eólica também ganhou mais representatividade na matriz energética brasileira neste primeiro semestre. No fim de junho do ano passado, a fonte era responsável por 1,4% do total gerado de energia no Sistema Interligado Nacional – SIN. Atualmente, ela representa 3% de toda a energia produzida.

A capacidade instalada das 244 usinas eólicas cadastradas na CCEE chegou a 6.211 MW ao final do primeiro semestre de 2015. O crescimento é de 60%, em relação ao mesmo período do ano passado, quando a capacidade das 156 instalações em operação era de 3.891 MW. Os dados consolidados da CCEE apontam que o Rio Grande do Norte com 2.104 MW também segue na liderança em capacidade instalada da fonte, seguido por Ceará (1.301 MW), Rio Grande do Sul (1.300 MW) e Bahia (959 MW).

raking

Grupo Zaiom inaugura novas unidades no Nordeste

Posted on

case_zaiomO Grupo de microfranquias Zaiom inaugura em junho quatro novas operações da Dr. Faz Tudo, localizadas em Lauro de Freitas (BA), Teresina (PI), Parnamirim (RN) e Brasília (DF).

As inaugurações fazem parte do projeto de expansão da rede para 2015, que prevê atingir mais de 100 unidades. “Para este ano queremos ampliar ainda mais nas regiões atendidas por nossos serviços, desta forma, visamos atingir todos os estados brasileiros e consolidar a marca com nossa presença em locais com grande potencial e muita carência por serviços de qualidade”, ressalta o diretor do Grupo Zaiom, Artur Hipólito.

O ritmo acelerado do cotidiano brasileiro não permite que as pessoas percam tempo com profissionais que não terminam a obra ou o projeto contratado, e que atrasam ao ponto de não finalizar os serviços.

“Nossa marca cresce consistentemente a cada ano porque oferecemos qualidade, prazo de entrega e acima de tudo muita confiança para o consumidor”, afirma o executivo.

Sobre a Dr Faz Tudo – Microfranquia especializada em reparos e reformas prediais – Tem como propósito atender o cliente em todas as necessidades de reparos de um imóvel, com serviços como: elétrica, hidráulica, alvenaria e revestimento, montagens em geral, pintura, acabamentos e telhado. A empresa surgiu para resolver todos os problemas que envolvem a construção em uma única chamada, sem que o proprietário tenha que entrar em contato com diversos profissionais. Mais informações no site www.drfaztudo.com.br.