Mercado de orgânicos fatura R$ 4 bilhões e cresce 20% em 2018

Posted on Updated on

Números do Conselho Brasileiro da Produção Orgânica e Sustentável (Organis) indicam que o mercado brasileiro de produtos orgânicos cresceu 20% em 2018, faturou R$ 4 bilhões e tem a estimativa de continuar nos dois dígitos esse ano. No mercado externo, as exportações representaram perto de US$ 180 milhões de dólares entre as empresas associadas do Organis, um crescimento tímido e infelizmente ainda centrado em produtos ingredientes e de baixa associação à marca Brasil, resultado da falta de reconhecimento mútuo de certificações entre países.

“O Brasil é talvez o único país, dos BRICS ao G20, que ainda está fechado ao mercado global. Não temos reconhecimento de certificação com nenhum país, enquanto países europeus, asiáticos, norte americanos e alguns latinos já estão com seus em vigência”, explica Ming Liu, diretor do Organis – Conselho Brasileiro da Produção Orgânica e Sustentável.

No primeiro trimestre, 11 empresas associadas ao Organis participaram das duas mais importantes feiras do setor – Biofach (Alemanha) e ExpoWest (Estados Unidos) – com boa performance comercial e valorização de seus produtos – de açúcar a castanha, do mel ao mate. “São todas empresas exportadoras que cresceram com o Organics Brasil, que é a marca de um programa do Organis de promoção internacional, que desde 2005 promove os produtos brasileiros orgânicos e sustentáveis no Brasil e no mundo. É muito importante participar dos grandes eventos de comércio e promoção para manter as empresas associadas no radar dos negócios internacionais”, comenta Cobi Cruz, diretor do Organis.

Os próximos eventos com participação do Organis serão: APAS Show (maio) e Bio Brazil Fair │Biofach América Latina (junho) com estandes conceitual e coletivos. “Preparamos ao varejista um mix de associados que permitem montar um nicho orgânico em qualquer loja ou supermercado no Brasil. Vamos promover degustação e receitas fáceis para mostrar como incluir ingredientes e produtos orgânicos no dia a dia”, explica Cobi Cruz.

Fiec lança publicação sobre a indústria do mar no Ceará

Posted on Updated on

O Observatório da Indústria da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), por meio do Masterplan de Economia do Mar, realiza amanhã (20/3), às 12h, na sede da Fiec (Av. Barão de Studart, 1980 – Aldeota), o lançamento da publicação Leme Barômetro PwC de Economia do Mar – Mundo e da segunda edição da versão cearense do estudo.

O evento é realizado em parceria com a PricewaterhouseCoopers, também chamada PwC, uma das maiores prestadoras de serviços profissionais do mundo nas áreas de auditoria, consultoria e outros serviços acessórios para todo tipo de empresas.

O Leme Barômetro PwC da Economia do Mar reúne os principais indicadores do setor no mundo com o objetivo construir uma ferramenta que permita elucidar os impactos das atividades relacionadas à economia do mar na economia mundial, assim como suas perspectivas de evolução no futuro.

O Leme pretende ser um instrumento de observação que permita aos seus utilizadores retirar informações úteis, de forma fácil e rápida. É constituído de três componentes: índices de diversas variáveis, breves notas de conjuntura e resultados de questionário com personalidades ligadas ao setor.

A apresentação será feita por Miguel Marques, sócio da PwC Portugal e parte da equipe mundial de especialistas setoriais da empresa. 

A segunda edição do Leme Barômetro PwC de Economia do Mar – Ceará é fruto do esforço técnico da PwC e do Observatório da Indústria da FIEC e vem contribuindo para o desenvolvimento do setor no estado. A primeira edição foi lançada em 2018. 

Paracuru (CE) economiza R$ 1,112 milhão com inspeção do Tribunal de Contas

Posted on Updated on

Inspeção realizada por comissão da Secretaria de Controle Externo (Secex) do Tribunal de Contas do Estado do Ceará resultou na economia de R$ 1.112.238,78 aos cofres municipais de Paracuru, litoral oeste estadual. O resultado da ação foi levado ao Pleno da Corte, na sessão ordinária desta terça-feira (12/3), pelo relator do processo, conselheiro substituto Davi Barreto.

Os trabalhos da comissão, realizados em abril/18, tiveram como objeto examinar a regularidade da execução dos serviços de coleta e transporte de resíduos sólidos, conforme contrato entre a Secretaria de Infraestrutura de Paracuru e a empresa J. Rogério Arcanjo de Aquino, no valor global de R$ 2.000.558,78.

Todas as determinações e recomendações propostas pela Corte de Contas foram adotadas espontaneamente pelo Município, que não prorrogou o contrato e realizou novo certame licitatório para coleta de lixo. Com isso, o novo contrato para prestação apresentou um valor global de R$ 888.320,00, representando 44% do valor do contrato anterior, uma economia de R$ 1.112.238,78 para os cofres municipais.

Durante julgamento, o Relator concordou com as conclusões e propostas de encaminhamento e destacou o zelo da unidade técnica deste Tribunal. “O processo adotado pela Secretaria de Controle Externo, separando as ações corretivas e preventivas (Inspeção) e a responsabilização (Representação) em processos distintos, revela-se uma medida que traz eficiência e efetividade ao controle externo, permitindo ao Tribunal o saneamento tempestivo das irregularidades, sem prejuízo da apuração das responsabilidades em processo apartado”, destacou Davi Barreto.

O relatório apontou, à época, “irregularidades graves com potencial prejuízo ao erário, demandando medidas corretivas e preventivas imediatas, com apuração das responsabilidades”. Projeto básico deficiente, sobrepreço de R$ 400.085,29 na proposta da vencedora, fiscalização do contrato realizada de forma inadequada, superfaturamento de R$ 300.435,52 no contrato em execução e sublocação de caminhões/máquinas sem previsão editalícia foram os principais achados da unidade técnica do TCE.

Eventuais prejuízos causados pela execução irregular do contrato anterior, bem como outras irregularidades que não geraram dano ao erário serão apurados.

Scania entrega seus primeiros ônibus biarticulados no Brasil

Posted on Updated on

Em cerimônia na Câmara Municipal, o prefeito de Curitiba, Rafael Greca, recebeu e apresentou à população seis ônibus biarticulados Scania, que medem 27 metros e têm capacidade para 250 passageiros, os primeiros vendidos pela marca no país. Os veículos fazem parte da renovação da frota da capital paranaense. O evento também fez parte das comemorações dos 326 anos da cidade.

A Viação Cidade Sorriso, uma das operadoras do sistema urbano de Curitiba, adquiriu o lote histórico para a marca, após um processo bem sucedido de demonstrações. A frota completa começa a rodar ainda no primeiro semestre deste ano. A responsável pela negociação e atendimento ao cliente será a Casa Scania Cotrasa.

“Quebramos a hegemonia e a exclusividade de um concorrente. Após uma demonstração real durante sete meses, nas mesmas linhas que os seis modelos irão rodar, comprovou-se uma redução no consumo de combustível de 3% em comparação ao outro competidor, em condições idênticas. Estamos satisfeitos que os resultados operacionais surpreenderam a Viação Cidade Sorriso. Curitiba é referência em mobilidade urbana”, afirma Silvio Munhoz, diretor comercial da Scania no Brasil.

“A maior beneficiada será a população, que fez muitos elogios ao modelo, e sabe que encontrará um produto mais moderno para proporcionar um deslocamento mais confortável.”

Setor de transporte se mobiliza pelo meio ambiente

Posted on Updated on

Realizar ações de preservação do ambiente na busca de alternativas sustentáveis de desenvolvimento é uma obrigação assumida pelo setor de transporte por meio da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Ceará, Piauí e Maranhão (Fetrans). Nos últimos anos, a Federação vem ampliando suas ações de cuidado com o meio natural com um percentual de aprovação de 91,46% dos veículos aferidos pela instituição em 2018, número ainda mais significativo do que os 88,60% de 2017. Por meio do Programa Ambiental do Transporte – Despoluir, uma série de ações é realizada continuamente nesse sentido.

Desde que foi criado, em 2007, o Despoluir atua no engajamento do setor em ações de conservação do meio ambiente e incentiva a incorporação de novas ações no setor, que passou a assumir sua parcela de responsabilidade na propagação de um mundo ambientalmente equilibrado. Nos três estados de atuação da Fetrans, foram realizadas 23.201 aferições em 2018 – no ano anterior foram 17.808.

Além dos benefícios diretos para o meio ambiente e para a qualidade de vida da população, as ações de conscientização dos agentes envolvidos têm como consequência a redução de custos, o aumento da eficiência operacional e a melhoria do relacionamento com órgãos fiscalizadores. Nas ações educativas, 2.322 pessoas foram atingidas, garantindo a mobilização de mais agentes atuantes em prol do meio ambiente.

Sobre o Despoluir

O Despoluir consiste em diversas linhas de ação, implementadas pelo Sistema CNT e executadas pelas federações, além de parcerias firmadas com os setores público e privado que fortalecem o programa. Uma de suas principais linhas é a inspeção veicular ambiental na frota das empresas de transportes de passageiros e cargas, contribuindo para a redução da emissão de gases tóxicos na atmosfera e para a utilização racional do combustível.

Presidente do Tribunal de Justiça do Ceará é homenageado no Piauí

Posted on Updated on

O presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), desembargador Washington Araújo, recebeu honrarias concedidas pelo Município de Campo Maior e pelo Estado do Piauí. A homenagem ocorreu em solenidade cívico-militar em comemoração aos 196 anos da Batalha do Jenipapo, importante ação para a independência do Brasil.

O desembargador, que é natural daquela cidade, recebeu a “Ordem Estadual do Mérito Renascença”, único na categoria “Grã-Cruz”, e a “Medalha Heróis do Jenipapo”. As distinções são entregues para personalidades que prestaram relevantes serviços àquele Estado e ao referido Município, respectivamente. A relação tem outros agraciados.

A programação teve ainda desfile militar e apresentação teatral. As festividades ocorreram no Monumento Heróis do Jenipapo, construído em 1975.

Wesley Paz/CampoMaiorEmFoco

A BATALHA
Segundo sites de História, a batalha ocorreu em 13 de março de 1823, às margens do rio que tem o mesmo nome, onde hoje fica Campo Maior. Teve também a participação de cearenses e maranhenses.

Lavradores, artesãos, escravos, roceiros e vaqueiros (com facões, machados, porretes e armas artesanais) enfrentaram soldados treinados, armados e a cavalo, do lado português. Os brasileiros perderam a batalha, mas o embate foi importante para a emancipação do Brasil.

Profissões inovam ao investir em tecnologia

Posted on Updated on

É inegável que a tecnologia tem tornado a dia a dia mais eficiente e facilitado a vida dos profissionais. Ela é uma grande aliada para aqueles que precisam otimizar tempo e aumentar a produtividade no trabalho. Existem muitas profissões que já estão cientes destas vantagens e passaram em investir no digital, como é o caso das áreas jurídica, RH e contabilidade, os quais se modernizaram e tornaram menos burocrática o dia a dia das atividades.

Advogados usam legaltechs para economizar tempo e dinheiro

O site Previdenciarista (https://previdenciarista.com/), plataforma de conteúdo que auxilia a atualização do advogado previdenciário, é exemplo do uso da tecnologia para economizar tempo. Especializada em atender demandas de advogados que atuam em ações relacionadas à previdência social, a plataforma criada em 2013 ganhou o apelido de “Netflix” do direito previdenciário por disponibilizar mais de 2 mil petições para os advogados assinantes.

O site disponibiliza outras ferramentas como módulos fiscais por município, simulador de Fator Previdenciário, códigos de benefícios do INSS, calculadora do segurado, entre outros. “O nosso objetivo é colocar à disposição do advogado, por meio de uma assinatura mensal, conteúdos que o mantenham atualizado e que otimizem o tempo gasto em tarefas rotineiras, como a redação de uma petição, por exemplo”, explica Renan Oliveira, CEO do Previdenciarista.

O co-fundador do Previdenciarista conta que muitas pessoas associam o setor jurídico a pilhas de livros, documentos e processos impressos em papel, mas essa realidade vem mudando. “Os próprios tribunais de Justiça estão migrando para o processo eletrônico, alguns já migraram completamente e os advogados não podem ignorar estas mudanças, pois correm o risco de ficarem obsoletos. Seguindo essa modernização, o Previdenciarista já registrou mais de 5 milhões de visualizações das páginas e todos os dias atualiza novas petições de casos e clientes reais em seu site”, reforça Renan.

Setor de RH também inovou ao investir em tecnologia

Outro segmento que está na carona dos avanços tecnológicos é o de RH. Conhecidas como HR Tech (human resources technology) ou RH Techs, os termos definem todas as iniciativas de inovação tecnológica no mercado de recursos humanos. No Brasil, cerca de 122 startups que estão se destacando ao fornecer serviços de tecnologia para a área, atuando em segmentos como recrutamento, avaliação de performance e gestão de processos, de acordo com estudo recente da Liga Ventures, aceleradora de startups.

Considerada uma RHTech, o VExpenses, é uma startup de Ribeirão Preto – SP que oferece soluções para a gestão de despesas corporativas. Por meio de um app, é possível facilitar a prestação de contas entre as empresas e colaboradores, além disso, a tecnologia ajuda a evitar fraudes, fazer limite de gastos e buscar economia nos processos com a análise dos relatórios.

“Com o fim de planilhas e tempo gasto com cálculos, o funcionário consegue se dedicar para outras tarefas da empresa, gerando novos negócios e organizando os processos. Além disso, usar um sistema inteligente de gestão ajuda a identificar gargalos, desperdícios e fraudes” comenta Bruno Pain, co-fundador da empresa.

Área de contabilidade investe em contador online

Outro setor do mercado de trabalho que está automatizando seus processos é a de contabilidade. Um dos exemplos desse avanço é o Contabilizei, startup que oferece o serviço contábil de fato, no lugar do contador tradicional, fazendo registros contábeis, elaboração dos relatórios e transmissões destes para o governo. Eles são contadores, porém online

A startup foi fundada em 2012 e começou a operar oficialmente em 2013, após um período de desenvolvimento da plataforma e atende micro e pequenas empresas em mais de 30 cidades do país.

TJCE e RioMar Fortaleza lançam campanha de combate à violência contra mulher

Posted on Updated on

Com o objetivo de incentivar a adoção de medidas que visam o combate à violência doméstica, o Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), por meio da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar, e o RioMar Fortaleza, lançam, na próxima quinta-feira (21/03), às 11h, campanha no shopping para conscientizar frequentadores do local sobre os diversos tipos de violência contra a mulher. A juíza Rosa Mendonça, titular do Juizado de Violência Doméstica contra a Mulher da Capital, estará presente na ocasião.

A campanha, desenvolvida pelo shopping, já está em exposição no Piso L1, próximo ao Mercadinho São Luiz, onde há grande fluxo de pessoas. A ideia é simular um caminho, com barreiras e mensagens que alertam sobre os tipos e níveis de agressão que as mulheres costumam vivenciar nas suas relações do dia a dia. Os totens dispostos nesse percurso simulam homens em tamanhos reais, dizendo frases com mensagens “abusivas”, com gradações crescentes do nível de violência.

Ao final do trajeto, as pessoas podem refletir sobre situações que muitas vezes parecem comum no relacionamento, mas que devem ser pensadas. O último totem da campanha incentiva às vítimas de  agressão a denunciarem os casos na rede de apoio e acolhimento às mulheres de Fortaleza, onde elas encontram suporte psicológico, proteção policial e, se necessário, até abrigo em endereço sigiloso.

A campanha também foi feita para os funcionários e lojistas do empreendimento. Durante uma semana, cerca de 6 mil pessoas foram impactadas com a ação que ocorreu no corredor interno de maior circulação de colaboradores do estabelecimento. Outras ações voltadas aos funcionários serão também desenvolvidas em parceria com o Tribunal de Justiça nos próximos meses.

O shopping é parceiro do TJCE no Selo Empresa Parceira, entregue às empresas de iniciativa privada com execução de projetos voltados para mulheres que sofreram algum tipo de violência, além de conscientização para agressores e famílias envolvidas. A ideia é que as instituições que possuem projetos de valorização a essas mulheres sejam reconhecidas e incentivadas. São destacados ainda projetos que envolvem acolhimento e promoção da autonomia econômica e da cidadania plena dessas mulheres.

Dicas de como incentivar a sua equipe de TI

Posted on Updated on

Atualmente, alguns raros líderes buscam incentivar suas equipes de diversas maneiras, seja dando total liberdade para o colaborador exercer a sua função, disponibilizando horários flexíveis e até possibilitando que ele tenha acesso ao seu WhatsApp pessoal para tirar qualquer dúvida ou comunicar uma ideia inovadora.

Esses novos comportamentos têm alterado também a forma das pessoas buscarem um novo emprego. Segundo estudo realizado pela LeadPix Survey, as pessoas estão à procura por um trabalho que vá além da remuneração. Cerca de 36% dos profissionais entrevistados citam que as “experiências aprendidas” são o que mais os motivam, seguido por “atividades que executam”, 33%, e “novas oportunidades”, com 26%. A remuneração aparece em quarto lugar com 16%. Ainda foram citados “seus colegas”, “sua equipe”, “seu líder” e “espaço físico”.

De acordo com Fabio Camara, CEO do Grupo FCamara – empresa que transforma problemas de TI em soluções digitais inovadoras – incentivar um colaborador vai além de oferecer bonificações. “Cada colaborador se motiva por alguma razão diferente. O papel do líder no processo de motivação dos seus colaboradores deve ser constante e é sem dúvidas um fator importante para ajudar a empresa a crescer também”, comenta Fabio.

A empresa comandada por Camara possui cerca de 500 colaboradores, sua maioria entre 20 e 35 anos – muitos que já estão em cargos de liderança – e já teve como cliente 7 dos 10 maiores e-commerces do Brasil. Também possui um código de cultura que mostra diretrizes modernas e liberais, inspiradas nas empresas do Vale do Silício, no qual incentivam a execução de ideias para o desenvolvimento de inovações. De acordo com o CEO, seu maior patrimônio é o intelectual e por conta disso, priorizar e valorizar seu time, além de oferecer recursos para que eles se desenvolvam, é essencial.

“Na FCamara trabalhamos de forma horizontal, incentivando as pessoas a crescerem pessoalmente e profissionalmente. Temos o compromisso de ter esses profissionais em nossa empresa pelo mínimo de 2 anos, pois acreditamos que esse tempo é um investimento positivo para os dois lados – a empresa que conta com a excelência do trabalho do candidato treinado e o profissional que sabe que está inserido em um ambiente onde suas ideias serão ouvidas e que ele encontra boas oportunidades de crescimento e desenvolvimento”, explica.

O especialista comentou suas ações de como incentivar seu time com pequenas atitudes rotineiras. Confira.

CEO Itinerante

Não ter uma sala fixa na empresa para o Fabio não é problema. De acordo com o CEO, ter liberdade para sentar em lugares diferentes todos os dias é fundamental para se aproximar dos colaboradores, estar disponível para todos no desenvolvimento dos projetos e incorporar o dinamismo e horizontalidade presentes em seu código de cultura.

O capital humano é o mais valioso

Adote uma cultura que dê valor para as pessoas e contrate aquelas com mais vontade de aprender. As características mais reconhecidas e valorizadas por Camara não são apenas as habilidades técnicas, e sim, a pessoalidade com todos (capacidade de relação), a cumplicidade com os clientes e o senso de propriedade com a empresa. “Procuro e valorizo profissionais que se sentem parte da empresa e que acreditem nela, com intenções de crescer com ela e um dia se tornarem sócios.”

Dê feedbacks e ofereça programas para o profissional crescer

Uma boa ferramenta para desenvolver colaboradores é utilizar um sistema qualificado de feedbacks e oferecer programas que colaborem para o crescimento profissional. O Grupo FCamara tem a própria ferramenta para garantir que ocorra um feedback trimestral a todos os colaboradores, que faz uma avaliação de cinco pontos essenciais: interdisciplinaridade, formação, engajamento, legitimidade e responsabilidade com resultados. Aos líderes existe um feedback em que quatro outros pontos são avaliados: investimento de profissão, quântico de ambição, capacidade de relação e resultados objetivos. Ambas as iniciativas de feedback pretendem oferecer oportunidade de constante evolução e desenvolvimento profissional.

Disponibilize seu Whatsapp e agenda

Uma das outras maneiras que Camara encontrou para se aproximar do seu time foi disponibilizar seu Whatsapp para todos os funcionários tirarem suas dúvidas, compartilharem ideias ou comunicarem sobre um novo projeto. “Estou à disposição de todos e acredito que essa abordagem me fez entender melhor como somos um time, qual a dinâmica e a semântica do nosso time. Além disso, todos possuem acesso à minha agenda, possuindo total liberdade para sugerir um café, uma partida de xadrez, um vinho ou até mesmo uma reunião de negócios”, finaliza Camara.

Complexo do Pecém (CE) terá representação em evento de logística em São Paulo

Posted on Updated on

O maior evento de logística da América Latina começa no próximo dia 19 em São Paulo e o Ceará marcará presença. De hoje (19) a quarta-feira (21 de março), a Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (Aecipp) participa da Intermodal 2019, na capital paulista. Com o objetivo de fortalecer a associação, bem como divulgar o Complexo Industrial e Portuário do Pecém – CIPP. O evento acontecerá das 13h às 21h, no São Paulo Expo – Rodovia dos Imigrantes. Além da Aecipp, seis empresas associadas estarão como expositoras no evento: APM Terminals, CIPP S.A, Valor da Logística Integrada – VLI, UniLink, Tecer Terminais Portuários Ceará e Termaco Logística.

Intermodal

A Intermodal é a maior feira internacional de logística, transporte de cargas e comércio exterior e é considerada pelos executivos da indústria como uma plataforma estratégica para a geração de novos negócios. Visando aumentar ainda mais o engajamento com a comunidade, a Intermodal começa a se posicionar como uma marca ampla e lança 3 setores: Intermodal Intralogística, Intermodal Tecnologia e Intermodal Transporte.

Na 25ª edição, os visitantes encontrarão inovações em tecnologia, manutenção, produtos e serviços apresentados pelas mais de 400 marcas nacionais e internacionais de mais de 22 países presentes nos 29 mil m² do São Paulo Expo. Além disso, o evento contará com uma grade completa de palestras e fóruns que vão debater os principais temas do setor com especialistas e executivos de diferentes frentes da indústria.

O credenciamento para a Intermodal South America é liberado apenas para os profissionais do setor. Para participar, é necessário fazer um credenciamento pelo site através do preenchimento de um formulário.

A Aecipp é uma entidade empresarial, sem fins lucrativos, com atuação no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP) e região. A associação tem como objetivos fortalecer e desenvolver, de forma sustentável, as atividades empresariais, industriais e de serviços nessa área, buscando as demandas e interesses das empresas associadas como atraindo cada vez mais oportunidades de negócios. Atualmente a AECIPP tem 31 empresas associadas.