Tendências do Marketing Digital para 2019

Posted on Updated on

Artigo de Eduardo Borges, responsável por trazer e expandir vários sites internacionais no Brasil, como a canadense Ashley Madison e o conglomerado de sites americano MindGeek. Desde 2010, é um nômade digital e atualmente se dedica ao seu treinamento de otimização de sites chamado SEO Comprovado, que ajuda companhias brasileiras, startups, empresários e profissionais liberais a se posicionarem nas primeiras posições do Google. É um dos principais nomes no segmento e tem se destacado internacionalmente como autoridade na área por suas técnicas de SEO.

Já iniciamos o ano e está mais do que na hora de dar uma olhada no futuro dos profissionais de SEO em 2019.

O SEO é uma importante ferramenta que ajuda muito no rankeamento dos sites de empresas que aderem ao marketing digital. Usar essa estratégia corretamente garante um bom posicionamento do site no Google, e abre oportunidades para novos negócios.

Uma pesquisa realizada pela Rock Content em 2018 mostrou que 59,8% das empresas brasileiras utilizam SEO. Delas, 81,2% fazem uso dessa estratégia há ao menos três anos. O desconhecimento de como fazer SEO foi o principal motivo (44,3%) apontado pelas empresas que ainda não investem na otimização de suas páginas. Na pesquisa passada, essa justificativa foi dada por 46% dos entrevistados.

Para quem já utiliza o SEO como “aliado” nas estratégias de marketing, ou mesmo para quem ainda não sabe como utilizar essa importante ferramenta, separei 5 tendências importantes que impactarão o mundo do marketing digital em 2019:

  • Investimentos em propaganda nativa

O marketing digital não é algo novo para os consumidores, tanto é que cada vez mais eles estão resistentes à publicidade, o que acarretou no aumento de bloqueadores de anúncios, dificultando o envio de mensagens pelos profissionais de marketing.

Se as empresas quiserem alcançar novos consumidores, terão que ter cuidado para que seus anúncios se misturem mais naturalmente aos demais conteúdos.

  • Conteúdo de alta qualidade

As atualizações do algoritmo do Google em 2018 revelaram que o Google está intensificando seu foco na avaliação da qualidade do conteúdo e na profundidade e amplitude do conteúdo de um site.

Não se trata mais de quantidade, a nova regra é qualidade.

Sites que forneceram profundidade nos seus conteúdos aumentaram no ranking ao longo do ano. Em contrapartida, sites mais fracos sofreram uma queda.

Isso significa que, se você ainda estiver criando conteúdo apenas para manter seu blog ativo, isso não será mais suficiente. Portanto, o marketing de conteúdo será ainda mais relevante este ano.

A mesma pesquisa realizada pela Rock Content, mostra que 83,4% das empresas entrevistadas praticam marketing de conteúdo, e 98,3% integram essa estratégia com a de SEO.

Associar essas duas práticas pode ser uma forma incrível de otimizar seu site, pois motores de busca como o Google valorizam os conteúdos bem escritos.

  • Snippets

Afinal, o que é isso?

Você provavelmente não só os viu, como também já os usou em algum momento.

De forma resumida, são trechos de parágrafos encontrados acima das mais clássicas listas com links em azul nas SERPs, que frequentemente aparecem em resposta a uma pergunta. Por vir antes da posição número 1, o snippet é chamado informalmente de “posição zero”. Este ano ele ganhará muita importância em SEO.

Além de otimizar seu próprio website, você também deve otimizar para a experiência de pesquisa do Google em 2019.

Isso significa que otimizar os snippets em destaque e outros recursos de pesquisa do Google continuará sendo uma tendência importante – e mais importante do que nunca – em 2019.

  • Prepare-se para as buscas por voz

Um estudo realizado pelo Google mostrou que 55% dos adolescentes e 41% dos adultos usam busca por voz várias vezes por dia.

Um estudo similar realizado pela Stone Temple no ano passado  apontou que 61% das pessoas se consideram confortáveis utilizando a “Hey Siri” ou o “Ok Google”.

Isso significa que tornar o site responsivo será fundamental, já que as buscas por voz são essencialmente feitas por mobile.

  • Mobile

Se você é o tipo de pessoa que não liga muito se a versão mobile do seu site seja tão boa quanto a de desktop, vai uma dica: os robôs do Google irão verificar primeiro a versão mobile quando forem decidir como classificar seu site nos resultados de busca.

Esse novo conceito foi chamado de “Mobile-first index”, ou seja, primeiramente o mobile! Essa condição vai se intensificar esse ano, portanto você deve se assegurar que:

  • O conteúdo do seu site (imagens, vídeos, textos etc.) esteja pronto para ser aberto tanto em desktop quanto em mobile;
  • Incluir metadados, como título e descrição, tanto para desktop quanto para mobile — caso seu site tenha duas versões diferentes;
  • Incluir dados estruturados para ambas as versões

Como estar preparado para 2019?

Como você pode perceber, algumas dessas tendências refletem exatamente o momento em que vivemos. Exemplos disso são o Voice Search (busca por voz) e o mobile. O Google acompanha as tendências, e principalmente o comportamento humano.

Mas não se esqueça também do conteúdo. O Google está aperfeiçoando cada vez mais sua inteligência, para que possa compreender a fundo o que está nas páginas.

As buscas estão sempre mudando, e não podemos resistir a essas mudanças se quisermos ser o “número 1” para o nosso público.

Deixe uma resposta