Tecnologia no mercado imobiliário: questão de evolução e sobrevivência

Posted on Updated on

A tecnologia se tornou tão indispensável na vida das pessoas, que seria impossível o mercado imobiliário não seguir essa tendência. As facilidades trazidas pelos avanços tecnológicos são diferenciais na hora de fechar negócios, mesmo o mercado imobiliário sendo ainda um ramo tradicional, com processos que, muitas vezes, devem ser seguidos à risca.

“O mercado imobiliário teve que perceber que tecnologia não era uma despesa, mas sim um investimento, e hoje uma necessidade. O cenário do mercado imobiliário de venda e locação de imóveis só foi perceber este avanço depois que outros concorrentes começaram a investir em recursos mais modernos, melhorando o atendimento, controle de informações e todo o processo de gestão. E, mesmo assim, ainda há muita coisa para ser melhorada”, comenta Thiago Venâncio Coelho, diretor da Coelho Administradora de Condomínios e Bens Próprios.

O uso de tecnologias facilita a vida das pessoas, com rotinas cada vez mais agitadas. O tour 360º, que possibilita visualizações interativas dos imóveis, tem facilitado a vida das pessoas, reduzindo o número de visitas desnecessárias aos imóveis.Fotos de qualidade, que retratem os ambientes de forma realista também são imprescindíveis dentro desse processo de economia de tempo. “As imagens do imóvel são essenciais. Apresentar fotos, vídeos e tour 360º de qualidade é fundamental”, diz Coelho.

Outra ferramenta importante para atender o cliente é o CRM (Customer Relationship Management). Com o sistema é possível registrar todas as etapas de comunicação com o cliente, definir deadlines, enviar e-mail direto da plataforma, deixar visitas agendadas, entre outros pontos importantes.

“A gestão do atendimento ao cliente é muito importante. A empresa que não tiver um sistema de CRM imobiliário estará perdendo negócios. Já em gestão de documentação, como contratos e laudos de vistoria, um bom sistema é essencial. Claro que estão disponíveis no mercado as famosas “cerejas do bolo”, como, por exemplo, o aplicativo para vistoria do imóvel no momento da locação. Na Coelho nós usamos e o cliente fica extremamente satisfeito em saber que o imóvel é vistoriado através de um aplicativo em tempo real, e posteriormente gera um relatório em PDF, já com as fotos anexadas. Além disso, temos também assinatura digital, que facilita muito na hora de assinar contratos”, revela Coelho.

Com os avanços tecnológicos o público ficou mais exigente, as informações ficaram mais disponíveis e as pessoas mais seletivas com os serviços e produtos. “A pessoa que procura um imóvel para alugar ou comprar sabe qual é a sua necessidade, portanto, sabe o que quer encontrar. Basta ela ser apresentada a imóveis que atenderão às suas necessidades. Agora, eu confesso que nenhuma imobiliária ou administradora de imóveis faz milagre. O proprietário do imóvel tem muita responsabilidade nesta etapa, afinal é o imóvel dele que será comercializado. A empresa pode ter os melhores recursos para trabalhar, mas se o proprietário não se preocupar com a conservação do seu imóvel vai ser impossível fazer uma boa prospecção dele”, diz Coelho.

Acompanhar a evolução do negócio, em qualquer setor é fundamental, e no mercado imobiliário não poderia ser diferente. “É uma questão de acompanhar a evolução do seu negócio, ou seja, quem não estiver disposto a fazer essas atualizações ficará para trás até sumir de uma vez. A Coelho Administradora iniciou suas atividades sempre prezando pela assertividade, entendendo a necessidade do cliente para entregar aquilo que ele realmente precisa. A agilidade nos nossos recursos tecnológicos comprovam isto, além da transparência, ou seja, aqui o cliente é sempre informado sobre cada passo que é dado com o seu imóvel”, conclui Coelho. 

Deixe uma resposta