Schneider Electric vence prêmios em sustentabilidade e inclusão

Posted on Updated on

Os avanços na formação de uma cultura inclusiva e os esforços para promover sustentabilidade para todos vêm rendendo importantes prêmios à Schneider Electric. Recentemente, a líder global na transformação digital em gestão da energia elétrica e automação foi incluída na lista 2019 da Fortune das Empresas Mais Admiradas do Mundo, mantendo a quinta posição na indústria de eletrônicos pelo segundo ano consecutivo.

O ranking anual da Fortune baseia-se em uma pesquisa com empresas americanas e internacionais da lista Fortune 500 que apresentam as maiores receitas nos seus respectivos setores. Para identificar os melhores desempenhos em 52 indústrias, 3.750 executivos, diretores e analistas dessas indústrias foram solicitados a classificar as empresas em nove critérios: inovação, gestão de pessoas, uso de ativos corporativos, responsabilidade social, qualidade de gestão, solidez financeira, valor de investimento de longo prazo, qualidade de produtos e serviços, e competitividade global. A Schneider Electric garantiu pontuação alta nos critérios de gestão de pessoas, ocupando o terceiro lugar na indústria eletrônica.

Outra boa notícia é que a companhia do “Life Is On” está no Índice Bloomberg de Igualdade de Gêneros 2019, reforçando, mais uma vez, seu compromisso e progresso em relação à igualdade de gêneros e inclusão em todas as unidades do Grupo. Criado em 2016 para fornecer a gerentes e investidores informações comparativas sobre as ações a favor da igualdade de gêneros das maiores empresas de serviços financeiros do mundo, o índice foi estendido a todos os segmentos de mercado em 2018. Em 2019, a Schneider Electric é uma das 230 empresas globais, e apenas uma das oito no setor industrial, a ser classificada, atingindo pontuação alta em compromisso por parte da alta gerência, políticas de inclusão de gêneros e engajamento da comunidade.

Adicionalmente, a Schneider comemora estar entre as quatro organizações a receber o prêmio The Catalyst, que reconhece abordagens organizacionais inovadoras com resultados comprovados e mensuráveis com relação ao progresso das mulheres pela inclusão no local de trabalho. A conquista é fruto do trabalho holístico da Schneider Electric Índia para atração e retenção de mulheres.

Por último, mas não menos importante, a líder global na transformação digital em gestão da energia elétrica e automação venceu o Prix de l’Indice Euronext-FAS IAS®, da Federação Francesa de Associações de Funcionários e Ex-Funcionários Acionistas, pelo seu excelente plano de participação acionária. A entidade reconhece a taxa de adesão forte e crescente da Schneider Electric, em virtude de lançamento de planos anuais e aceitação significativa dos funcionários internacionalmente. O programa foi lançado em 1995 e, desde 2007, tem sido renovado ano após ano, permitindo que os funcionários compartilhem coletivamente o sucesso da empresa e construam um grupo de proprietários de ações estável e sustentável a longo prazo. É a quarta vez que a Schneider recebe essa premiação.

“Nós, da Schneider Electric, queremos trazer energia e eficiência para possibilitar a vida, o progresso e a sustentabilidade para todos. Como uma corporação global, acreditamos em inovação que tenha impacto positivo no nosso planeta, em oportunidades iguais para todos, em todos os lugares, e na capacitação dos nossos funcionários para que eles aproveitem ao máximo sua energia”, declara Olivier Blum, chefe global de Recursos Humanos.

Deixe uma resposta