Cinco dicas para organizar a rotina dos seus filhos nas férias

Posted on Updated on

As férias mudam a rotina. Dos filhos – que estão de folga da escola e cheios de energia para gastar – e dos pais, que têm de adaptar o dia a dia da casa e da família e proporcionar conforto e diversão para os pequenos. Desta forma, organizar uma nova rotina, para as férias, pode ser uma solução. Claro que esta é mais flexível que a escolar, mas, para ajudar, selecionamos algumas dicas do que fazer (ou não fazer) nas férias com as crianças. Confira:

O sono merece atenção

Neste período, as crianças podem querer ficar acordadas até mais tarde e dormir um pouco mais e, como estão de férias, é possível negociar estes horários. Mas é importante que o sono também tenha regras (limite de horário e de tempo dormindo), para que a volta às aulas não seja uma dor de cabeça.

A alimentação também

Os horários das refeições não devem sofrer alterações nas férias, pois é necessário que a criança se alimente de três em três horas. O cardápio pode variar um pouco, mas é bom não abusar das besteiras, inclusive por uma questão de saúde.

Atividades físicas são bem-vindas

Estimule os pequenos a se exercitarem. Seja uma caminhada ou algum esporte como futebol, vôlei etc. Brincadeiras que envolvem corrida, como pega-pega, caça ao tesouro etc. podem ajudar. 

Computadores, celulares e videogames? Sim, mas só um pouco

Nas férias, o tempo que as crianças passam com seus smartphones tende a aumentar e pode até ser uma aliada na diversão. Mas é preciso regular este tempo, para que eles não fiquem o dia todo conectados e se dediquem a outras atividades, como brincar ao ar livre, por exemplo. 

E a própria tecnologia pode ajudar: o AppGuardian (http://bit.ly/appguardian2) – aplicativo de controle parental – permite que os pais organizem e monitorem da melhor forma o tempo que os filhos permanecem conectados – seja em celulares ou tablets. Indicado para crianças de 5 a 14 anos, a tecnologia ajuda a administrar o tempo nas redes sociais, verificar a localização dos filhos em tempo real, configurar bloqueio de acesso aos aplicativos instalados, checar quanto tempo as crianças ficaram conectadas e quais os aplicativos mais usados, organizar a rotina de uso dos aparelhos por dia e hora e até travar todas as funcionalidades dos dispositivos móveis. 

Brincar com os amigos e com os pais

Receber os amigos dos seus filhos em casa para brincar pode ser uma boa atividade. Além disso, você pode negociar um “rodízio de pais”, assim, um dia você recebe a turma toda e, no outro (quando seu filho for visitar um amigo), pode ter uma folga também.

Além dos amigos, os filhos querem brincar com os pais! Então reserve um tempo para brincar com eles. Ensine brincadeiras da sua época, conheça as deles. É uma ótima oportunidade para estreitar os laços e criar boas memórias.

Deixe uma resposta