Fecomércio-CE apresenta cartão para acesso a crédito exclusivo do BNB

Posted on Updated on

Na próxima segunda-feira, 19.8, na sede do Sistema Fecomércio Ceará, em Fortaleza, serão apresentadas as linhas de crédito destinadas às empresas do comércio de bens, serviços e turismo através do Banco do Nordeste (BNB). É a concretização do acordo de cooperação técnica firmado entre a Confederação Nacional do Comércio (CNC) com o BNB. Através dessa parceria está sendo apresentado o Cartão BNB com a oferta de acesso ao crédito, com as melhores taxas de juros do País, e também com os melhores prazos e condições, além da disponibilidade de produtos e serviços bancários diferenciados para os empresários do comércio. Essa ação será realizada também em Tianguá, dia 20, e em Sobral, dia 21, e depois se estenderá para todas as regiões cearenses.


A apresentação do Cartão BNB acontece no auditório da sede do Sistema Fecomércio, a partir das 11h, com a participação do presidente licenciado do Sistema Fecomércio Ceará e vice-presidente administrativo da CNC, Luiz Gastão Bittencourt, do presidente do BNB, Romildo Rolim e do presidente da Fecomércio Ceará, Maurício Filizola.


Benefícios


As empresas associadas podem usufruir de soluções financeiras para dar suporte à aquisição de estoques, veículos e equipamentos, à instalação e ampliação de unidades, à modernização e à redução de custos que permitam o incremento dos resultados das empresas.
O acordo disponibiliza também os recursos do FNE que propiciam às empresas associadas o avanço na inovação, na produtividade e na competitividade.
Dentre os maiores beneficiados do acordo estão as micro e pequenas empresas, ou seja, as empresas com faturamento bruto anual de até R$4,8 milhões, que também passam a contar com condições especiais de financiamento. Entre as opções estão: financiamento de até 100% do investimento, dispensa de garantias reais em negócios de até R$ 50 mil, dispensa de garantias reais para curto prazo até 15% do faturamento, dispensa de projetos para financiamentos até R$ 3,4 milhões, financiamento para imóvel, inclusive terreno para a sede da empresa e bônus exclusivo de adimplência aos pagamentos pontuais com fonte FNE.

Deixe uma resposta