Feira valoriza alimentos sem agrotóxicos produzidos em 12 acampamentos do MST no Ceará

O Centro de Formação, Capacitação e Pesquisa Frei Humberto libera hoje (sábado, 01.08) o site da Feira da Reforma Agrária para receber pedidos e realiza as entregas entre os dias 8 e 10 de agosto. Os alimentos sem agrotóxicos são produzidos em 12 acampamentos e assentamentos da Reforma Agrária no interior do Ceará e o comércio fortalece a economia local.

A tabela com os 61 produtos, com preços entre R$ 3 e R$ 45, inclui itens como manteiga da terra, mel de abelha, molho de pimenta, óleo de coco e ovos caipiras. O quilo de toucinho de porco é vendido a R$ 9 e a cachaça orgânica por R$ 30. A Feira da Reforma Agrária oferece ainda itens personalizados com a marca do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra, como quatro tipos canecas, dois de boné e um avental do MST. A máscara de tecido, item fundamental de proteção à Covid-19, custa R$ 6.

“Além de fortalecer as nossas cooperativas e o sistema cooperativista dos assentados e assentadas da Reforma Agrária, a Secretaria do Desenvolvimento Agrário colabora conosco entregando projetos produtivos que nos permitem melhorias na infraestrutura, aumentando e organizando melhor a nossa produção e agregando valor e qualidade aos nossos produtos”, pontua Clarice Rodrigues, do setor de produção do Movimento dos Sem Terra.

A 49ª Feira da Reforma Agrária é a quarta realizada no período da pandemia do novo coronavírus. Em maio, os trabalhadores sem terra realizaram o delivery de 800 cestas com produtos da agricultura, ou 13,6 toneladas de alimentos divididos em 57 itens diferentes. As eventuais dúvidas sobre a realização da feira podem ser esclarecidas através do Whatsapp, pelos números: (85) 9.9748-9694, (85) 9.9773-2893 e (85) 9.9604-0234.

Deixe uma resposta