Empresa cria sistema que redefine modelo de marcação de consultas médicas em Maceió (AL)

A Minsait, empresa do grupo Indra, desenvolveu nova solução para a saúde pública de Maceió, o Sistema Gestor de Regulação (SGR). Em conjunto com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a companhia criou uma ferramenta capaz de diminuir o tempo de marcação de consultas em hospitais públicos, reduzir a ausência de pacientes em procedimentos marcados e facilitar a gestão em tempo real dos atendimentos.

Isso é possível porque a nova solução combina soluções de Business Intelligence (BI), geolocalização e aplicativos para celulares. Dessa forma, ações como acionar pacientes via WhatsApp para lembrá-los de uma consulta e exibir informações em tempo real sobre o número de agendamentos e atendimentos aos profissionais da saúde tornam-se possíveis, trazendo mais eficiência para o dia a dia de todos.

“Nossa relação com a Secretaria Municipal de Saúde de Maceió vem de longa data e é muito gratificante sermos novamente escolhidos como parceiro tecnológico para colaborar com o processo de transformação digital e modernização desse órgão. Esperamos facilitar cada vez mais eficiência e conforto para os cidadãos por meio da tecnologia e temos certeza que os usuários do SUS serão os grandes beneficiários dessa nova conquista”, afirma Eduardo Almeida, CEO da Indra no Brasil.

A solução levou seis meses para ser desenvolvida e, hoje, o sistema está em funcionamento no 2º Centro de Saúde Diógenes Bernardes Jucá, localizado no bairro Poço. Em formato de projeto piloto, a nova solução é testada diariamente, dividindo espaço com a antiga plataforma, chamada SIREG. A ideia é a de que as funções do sistema anterior sejam substituídas gradativamente, à medida em que o SGR seja implantado em novas unidades.

“Esse sistema [o SISREG] está obsoleto e não dá as respostas que nós precisamos. Há vários meses nós estamos trabalhando com a Indra, uma multinacional que nos dá assistência no desenvolvimento de um sistema que seja contemporâneo e que nos dê as informações que precisamos”, explica o secretário municipal de Saúde, José Thomaz Nonô.

Com a fase de implantação completa, o novo sistema deve atender uma média de 255 mil agendamentos mensais, realizados para unidades de referência em Maceió. Ao todo, 64 Unidades Básicas de Saúde devem contar com a nova solução, além de cidades no interior. Com a modernização dos processos de agendamento que o SGR propiciará, será possível ter um maior controle da concentração de pacientes nas Unidades Básicas de Saúde, uma medida indispensável para o momento de pandemia que estamos vivendo atualmente.

“Temos grandes planos para o SGR. Queremos evoluí-lo cada vez mais e, futuramente, incorporar componentes de tecnologias avançadas, como inteligência artificial, para facilitar ainda mais o cotidiano de profissionais da saúde e pacientes”, explica Andréa do Amaral Gomes, Coordenadora de Operações da Minsait responsável pelo projeto na Secretária de Saúde de Maceió.

Deixe uma resposta