Internet deve ser ferramenta para viabilizar presentes do Dia dos Pais de 49% dos consumidores, aponta pesquisa

De acordo com pesquisa da consultoria Conversion, especializada em SEO e marketing de performance, a internet será o principal canal de compras de presentes do Dia dos Pais, marcado para o dia 9 de agosto, para quase metade dos consumidores brasileiros. Segundo o estudo, 49,8% dos entrevistados preferem o comércio eletrônico para adquirir os regalos a serem entregues na data comemorativa.
 
Por outro, a pesquisa da Conversion mostra que quase 30% dos consumidores afirmaram que não pretendem presentear os pais nesta comemoração. Embora o comércio eletrônico tenha ganhado força durante a pandemia, as lojas físicas, por sua vez, fazem parte da escolha de 14,4% dos consumidores para a compra de itens na data.
 
Entre os tipos de presentes para o Dia dos Pais, a maior intenção de compra dos brasileiros é, de longe, itens de vestuário, como roupas e acessórios, com 51,8% da preferência dos entrevistados. Produtos de telefonia e aparelhos celulares aparecem na segunda posição da lista, que estão no plano de 23,7% dos entrevistados (veja lista completa abaixo).
 
Para Diego Ivo, CEO da Conversion, o uso dos canais digitais para compras em geral, embora já estivessem consolidados entre os consumidores brasileiros, ganharam ainda mais força durante a pandemia. “Mesmo com o isolamento social, o Dia dos Pais será lembrado e até comemorado este ano, mesmo que apenas com presentes enviados por entregadores”, comenta. “Outro fenômeno esperado, porém, triste, é o fato de muitos brasileiros não poderem ou preferirem não presentear seus pais nesta data, já que o País vive uma crise econômica bastante profunda por conta da pandemia”, acrescenta Ivo.
         
A pesquisa da Conversion foi feita no final de julho deste ano, com brasileiros acima de 18 anos, de todo o Brasil e todas as classes sociais a partir de um questionário estruturado com perguntas fechadas, via Internet, com dados ponderados. A amostra é de 395 pessoas, com nível de confiança de 95% e erro relativo de 4,9 pontos percentuais.

Deixe uma resposta