Prefeito Roberto Cláudio autoriza início das obras de construção do Parque Riacho Maceió, em Fortaleza

O prefeito Roberto Cláudio assinou a ordem de serviço para a construção do Parque Riacho Maceió, no bairro Varjota. Serão mais de 97 mil m² de área urbanizada, com a implantação de novos espaços que vão promover mais lazer e bem-estar aos fortalezenses. A obra está orçada em cerca de R$ 20 milhões e terá duração de 18 meses. O Riacho Maceió faz parte da história do desenvolvimento dos bairros Varjota e Mucuripe, que cresceram em suas margens e agora passa por completa transformação. “Vamos revitalizar e fazer a limpeza completa do Riacho, com recuperação de mata ciliar, além de toda urbanização de suas laterais, que envolve paisagismo, calçadão, ciclovia, equipamentos de esporte e lazer”, declarou o Gestor, lembrando que o objetivo é proteger o patrimônio ambiental, que atualmente, vem recebendo lixo e detritos, e prover um espaço de interação social. 
O projeto, que irá contemplar da Rua Tavares Coutinho até a Av. Abolição, prevê a criação de espaços de convivência e amplo calçadão com pista de cooper e ciclofaixa em todo o seu entorno. O novo Parque será, também, um polo de lazer com equipamentos que estimulam a prática de diversas atividades físicas, coletivas e individuais, com a instalação de Academias ao Ar Livre, quadra poliesportiva, quadras de vôlei de praia, pista de skate, mesa de pingue-pongue, espiribol e espaço para a prática de Parkour. 
A região ganhará, também, pequenas praças com espaços multiuso, Cachorródromo, parque infantil, Food Park com vagas para trailers e jardins gramados para piqueniques. Serão realizados, ainda, serviços de reforma de áreas já existentes como a restauração do oratório de Nossa Senhora das Graças e o muro de contenção do Riacho, que passará por reforço em toda a sua estrutura, auxiliando no ordenamento do curso do manancial ao longo de todo o Parque. 
A obra ainda irá recuperar o recurso hídrico do manancial e contará com serviços de drenagem que vão facilitar o deságue de águas pluviais no canal existente. As águas do Riacho Maceió passarão por tratamento hídrico, com processo que consiste na separação de resíduos sólidos, filtragem por meio da implantação de vegetação natural e instalação de sistema de tratamento Ultravioleta (UV). 
De acordo com Manuela Nogueira, secretária da Infraestrutura, além dessa etapa, serão realizadas outras com objetivo de recuperar o manancial. “Entregamos, até o final do ano, esse trecho da obra para a população já sentir o que será o 100% do riacho Maceió. É uma obra longa, não só de requalificação de passeio e equipamentos, mas tem o viés de meio ambiente que pretendemos trazer uma nova vida ao riacho em si”, completou. 
César Amaro de Lima, 45 anos, que passa todo os dias ao lado do córrego, contou o que achou da novidade. “Aqui estava com muito acúmulo de lixo, as calçadas não dão para gente se locomover. Com a obra vai ficar bom, porque não era bem utilizado, era espaço de lixo e mato. Agora as pessoas vão poder fazer esporte, conversar em um local legal”, disse.

Primeira etapa

Em 2014, a Prefeitura de Fortaleza realizou a primeira etapa das obras de requalificação do Parque Riacho Maceió, com a construção de calçadão, passarelas com guarda-corpo sobre o Riacho, paisagismo, caramanchões, iluminação e instalação de mobiliários urbanos.

O espaço, que está localizado entre a Av. Beira-Mar e a Rua Tereza Hinko, possui cerca de 22 mil metros quadrados de área e foi recuperado a partir de um Convênio de Operação Urbana Consorciada (OUC) entre o Município, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), e a Nordeste Participação e Empreendimento (Norpar).

Deixe uma resposta