A Coluna do Roberto Maciel (sábado, 15.08): Enem tem de ser considerado como conquista social

O desafio extra do Enem

Em 4 pontos, os erros que transformaram o Enem 2019 em crise ...

Saíram, enfim, as datas das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Serão em 17 e 24 de janeiro do ano que vem, na versão impressa, e 31 de janeiro e 7 de fevereiro no modo digital. A reaplicação dos testes foi agendada para 24 e 25 de fevereiro de 2021. Os resultados serão divulgados em 29 de março. Pelo histórico que vem sendo construído, não se pode mais olhar para a entrada nas faculdades como se olhava anteriormente. O Enem é o sistema que substitui vestibulares. Foi criado em 1998, na gestão de Fernando Henrique Cardoso, como forma de apurar o desempenho dos estudantes. Na gestão de Luiz Inácio Lula da Silva, tornou-se um acesso ao ensino superior. É, por isso, capital para milhões de brasileiros – entre os participantes e seus familiares. Ainda é considerado uma forma mais moderna e humana de selecionar alunos para as universidades. Por isso, constitui-se num caminho oposto ao modelo quase robótico, mercantilista e improdutivo, que não aferia nada e que se impunha desde os anos 1960. Pode-se defini-lo como um importante degrau de qualidade, no qual o pensar se sobrepõe à mecanização. Ou uma conquista que busca atenuar desequilíbrios sociais.

Educação x pandemia
O Enem, no momento atual, estabelece um aflitivo clima para os concorrentes. É que a pandemia do coronavírus obrigou os estados e municípios a determinarem suspensão de aulas presenciais. Com isso, muitos estudantes deixaram de ter acesso aos professores e colegas. As aulas virtuais, mantidas por colégios mais caros, não alcançou os alunos de escolas mais pobres.

O inútil

União é condenada por Weintraub dizer que universidades plantam ...


Assim, o que é uma conquista social está se desenhando como uma ameaça. Poderia ter sido pior: o ministro da Educação que antes tentava dar as cartas no setor negava a necessidade de remarcação de datas. Dizia, ainda, que era a oposição, “com uma visão política e econômica”, que pregava um novo calendário. Abraham Weintarub (foto acima) não deixou nada, absolutamente nada, que conferisse à passagem dele pelo MEC qualquer indício de reconhecimento e respeito.

Excludente
É de Abraham Weintarub uma das considerações mais funestas sobre o Exame Nacional do Ensino Médio. Ele disse que o Enem “não é feito para atender injustiças sociais e, sim, para selecionar os melhores candidatos”. É uma colocação que, antes de revelar uma posição técnica, destaca um caráter excludente e sem vínculo com os interesses do cidadão. Ou, sem meias palavras, um caráter ruim.

Sem concessões
A comissão mista do Congresso Nacional criada para fiscalizar ações do Governo Federal no combate à pandemia de covid-19 promoverá na próxima segunda-feira (17.08) um painel com especialistas para tratar de investimentos em pesquisa e desenvolvimento científico aplicados no combate ao vírus. Em formato de videoconferência, o evento começará às 10 horas. É o tipo de evento que faz o Planalto tremer nas bases.

Artilharia pesada

10 perguntas para Glauco Arbix, presidente da Finep - ISTOÉ DINHEIRO

Os convidados para a audiência no Congresso não costumam ter papas na língua para criticar omissões ou ações deletérias: Luiz Davidovich, físico e presidente da Academia Brasileira de Ciências (ABC); Glauco Arbix, na foto acima, sociólogo e ex-presidente da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep); Carlos Américo Pacheco, engenheiro eletrônico e diretor-presidente do Conselho Técnico-Administrativo da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; e Ildeu de Castro, físico e presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).

Roleta
Empresa integrada ao sistema de transportes de Fortaleza, a Etufor anunciou que quarta-feira próxima (19.08) vai reabrir os postos dos shoppings Aldeota e Riomar Kennedy. Mas o atendimento presencial será restrito a usuários que tiverem feito agendamento por meio eletrônico. A medida visa a prevenir aglomerações. O serviço será prestado de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 17h30min.

Chute
Leva a assinatura do vereador de Fortaleza Mairton Félix projeto que autoriza a Prefeitura a construir, em cada área de secretaria regional, 50 boxes “para vendas informais”. O vereador não diz como chegou a esse número nem como deverá ser feita a distribuição dos estandes.

Ao vivo
Sempre às terças e quintas-feira, estou com a jornalista Eveline Frota em lives no Instagram. Batizamos esse projeto de “Coluna da Hora” – numa referência a um marco histórico do Centro de Fortaleza, ao fato de começarmos pontualmente às 17h e, por fim, ao tempo de uma hora exata que tem o encontro com os internautas. Pode-se acessar e participar do Coluna da Hora por meio dos perfis @evefrota ou @robertoamaciel.

Dê um alô
Faça contato a gente. O Portal InvestNE usa o e-mail portalinvestne@gmail.com. O número de WhatsApp é +55 85 99855 9789.

Deixe uma resposta