Conheça redes de empreendimentos franqueados com investimento até R$ 100 mil

Você sabe o que é franquia? Descubra tudo sobre este modelo de negócio

As relações de trabalho foram diretamente influenciadas pela pandemia da Covid-19, que modificou a percepção de colaboradores em relação aos benefícios oferecidos pelas empresas em que trabalham ou visam trabalhar. De acordo com pesquisa da Robert Half, realizada entre os dias 20 e 31 de julho com 620 profissionais brasileiros, a maioria dos entrevistados (86%) concorda que seria interessante que alguns benefícios mudassem daqui para frente. Entre os destaques do levantamento está a mudança na forma como os colaboradores passam a encarar o trabalho remoto e o apoio psicológico que emerge como um dos novos auxílios ofertados pelas organizações.

Trabalho Remoto

A necessidade de promover o distanciamento social acelerou a adoção do trabalho remoto. Antes da pandemia, apenas 35% dos profissionais faziam home-office, enquanto depois do início dela, 95% tiveram a possibilidade de adotá-lo. Os colaboradores afirmaram que passarão a considerar o home-office como um modo de trabalho e não mais como um benefício (opinião de 80% dos profissionais empregados e de 77% dos desempregados), e 11% dos entrevistados empregados ainda disseram que não aceitariam uma proposta de trabalho de uma empresa que não oferecesse trabalho remoto de maneira parcial ou integral. Por outro lado, entre os profissionais desempregados, a condição cai para 3%.

Benefícios na pandemia

O estudo mostra que 67% dos colaboradores acreditam que suas empresas fizeram boa gestão dos benefícios durante a pandemia e estão satisfeitos com os auxílios que recebem atualmente (75%). A maioria dos entrevistados (63%) não teve nenhum benefício suprimido. Já entre aqueles que tiveram algum corte, o vale-transporte aparece no topo da lista (19%).

A pesquisa ainda revela que benefícios tradicionais, como assistência médica, vale alimentação e vale refeição seguem sendo os mais valorizados pelos profissionais. Para 77,8% dos entrevistados o auxílio médico é considerado como o mais importante, sendo também o benefício mais disponibilizado pelos empregadores (85%).

Benefícios como aportes na previdência privada e auxílio financeiro para montar o home office não faziam parte da lista dos mais comuns oferecidos pelas empresas antes da pandemia, mas figuram entre os considerados como mais importantes pelos colaboradores. Estacionamento e vale-transporte – e outros referentes à locomoção para o trabalho -, no entanto, que estavam entre os mais oferecidos, não aparecem na lista dos mais desejados, conforme mostra a tabela abaixo:

O franchising hoje representa uma ótima opção para quem quer vencer a crise econômica. Modelos de negócios já testados e o rápido retorno financeiro é o que normalmente mais atrai os investidores.

Na contramão de diversos setores econômicos, o mercado de franquias continua mostrando força e crescendo ao longo dos anos. De acordo com a Associação Brasileira de Franchising – ABF –, o segmento movimentou mais de R$ 40 bilhões no primeiro trimestre de 2020, mesmo em plena pandemia. A instituição informou também que o segmento teve um aumento de 5,2% em seu faturamento, nos últimos 12 meses.

Tendo em vista esse crescimento, reunimos algumas redes de franquias com investimentos de até R$ 100 mil reais que vale a pena investir:

Sonhagro – Primeira rede de franquias no segmento de crédito rural

Especializada em soluções completas de crédito rural, a rede visa facilitar os processos burocráticos para os produtores, atua no gerenciamento de suas negociações e na execução dos projetos técnicos que os bancos exigem.
Fazendo a sua história há mais de 5 anos, a Sonhagro possui o suporte e a expertise das principais instituições financeiras do agronegócio.

Investimento Inicial: De R$ 15 mil a R$ 55 mil
Faturamento Médio Mensal: De R$ 10 mil a R$ 40 mil
Contato: contato@sonhagro.com.br

Mary Help – Primeira rede de franquias no Brasil para seleção e intermediação de diaristas e mensalistas

Atualmente com 120 unidades, a Mary Help cresce a cada ano e registrou em 2019 uma média de 400 mil diárias e um faturamento de R$ 52 milhões. A rede de franquias contabiliza cerca de 5 mil diaristas ativas e preparadas para atender o cliente em poucos cliques ou uma simples ligação. Entre os serviços de diaristas e mensalistas que é possível contratar além de faxineira, estão os de lavadeira, passadeira, cozinheira, copeira, cuidadores de idosos e até garçons e churrasqueiros para festas e eventos.

Investimento Inicial: De R$ 40 mil a R$60 mil
Faturamento Médio Mensal: R$ 60 mil
Contato: franquia@maryhelp.net

Neo Delivery – Franquia de aplicativo de entrega via moto frete

A rede de franquias atua no meio de um aplicativo, no qual usuários espalhados em todo o território nacional se beneficiam do serviço de motofrete de tudo que pode ser transportado sobre uma motocicleta, a preços e estimativa de tempo de entrega diferenciados do que é praticado no mercado. Os clientes podem solicitar através do aplicativo, coleta e entrega, ou apenas entrega, dos mais variados tipos de mercadoria.

Sob a gestão administrativa da franqueadora Neo Franchising, a Neo Delivery tem como expectativa realizar cerca de 300 mil entregas por mês em toda a rede e fechar parcerias inicialmente com 3 mil estabelecimentos em todo país. A empresa espera ainda finalizar o ano com 40 unidades, atingindo faturamento de R$ 7 milhões em transações da plataforma.

Investimento Inicial: De R$ 57.012,00 a R$ 79.142,00
Faturamento Médio Mensal: De R$ 8.911,00 a R$ 24.631,00*
Contato: novosnegocios@neodelivery.com.br

  • O valor do faturamento vai depender do tamanho da cidade ou da região atendida

N1Chicken – Rede de franquias de frango frito

Marca brasileira, trabalha exclusivamente com delivery e se apoia em três pilares para conquistar um número cada vez maior de clientes: criatividade, colaboração e simplicidade. O carro chefe da marca é a produção de frango frito, preparado a partir de alimentos e condimentos de alta qualidade: temperos exclusivos, 100 % naturais e de origem brasileira.

Investimento Inicial: R$ 99 mil
Faturamento Médio Mensal: R$ 75 mil
Contato: luiz@n1chicken.com.br

Seguralta – Rede de corretora de seguros presente no mercado há mais de 50 anos

Com 50 anos de mercado, a Seguralta está presente em todo o país e possui 1146 unidades operando em três modelos de negócio – home based, basic e standard. É a maior rede de franquias de Seguros no Brasil e a 12º maior franquia brasileira conforme o ranking da Associação Brasileira de Franchising – ABF.

Investimento Inicial: De R$ 35 a R$ 100 mil
Faturamento Médio Mensal: De R$ 80 a R$ 180 mil
Contato: franquias@seguralta.com.br

Deixe uma resposta