A Coluna do Roberto Maciel

Bolsonaro não conhece país nenhum que tenha enfrentado melhor a covid-19 do que o Brasil. Já temos aqui 114 mil mortos
A política costuma gerar situações assim: Jair Bolsonaro disse “não ter visto no mundo” quem tenha enfrentado melhor a pandemia de covid-19 do que o governo brasileiro. Sim, acredite! Mais do que revelar uma postura atenta e justa, que seria obrigatória a quem ocupa tão relevantes funções, a fala do presidente eleito por 53 milhões de pessoas aponta mais uma vez numa direção de desrespeito a mais de 114 mil mortes pelo novo coronavírus – registro a que se chega hoje. As palavras do chefe do Executivo ferem famílias, amigos e colegas de cada um dos mortos. Equivalem a um seco “E daí? Não sou coveiro!”. Bolsonaro usou como palanque um ato oficial da Presidência da República. Foi na assinatura de medidas provisórias que tratavam do acesso ao crédito a micro e pequenos empresários. Não bastando, disse que as ações do Ministério da Saúde, comandado por um general, como “excepcional”.

Palavras
Assim falou Jair Bolsonaro: “No meu entender, guardando-se as devidas proporções, não vi no mundo quem enfrentou melhor essa questão do que o nosso governo. Isso nos orgulha. Mostra que tem gente capacitada e preocupada, em especial, com os mais pobres, os mais humildes”.

Bannon
Bolsonaro falou isso, publicamente, sem disfarces, no mesmo dia em que chegou-se à tétrica marca de 111 mil óbitos pela covid-19. No dia seguinte, foi preso nos Estados Unidos um personagem que tem interferido decisamente em escolhas políticas a favor da extrema direita. É Steve Bannon, o neofascista norte-americano que serviu à gestão de Donaldo Trump e prestou consultoria para a campanha do atual presidente brasileiro.

Álbum de figurinhas

URGENTE: Steve Bannon é preso nos EUA por desvio milionário

Há imagens de sobra comprovando as relações perigosas entre Steve Bannon e os poderosos brasileiros: Eduardo e Jair Bolsonaro e Olavo de Carvalho, como se vê acima, são alguns. Bannon já saiu do xilindró, pagando US$ 5 milhões de fiança, mas pode ter colocado a possibilidade de Trump se reeleger no fundo de um calabouço.

Está explicado

Quinta-feira passada, ao justificar voto em favor do deputado bolsonarista André Fernandes (Republicanos), que está agora cumprindo suspensão de 30 dias do mandato, o deputado Noélio Oliveira (Pros), que também é bolsonarista e é um soldado da Polícia, disse entender ser necessário à Assembleia cuidar de assuntos mais importantes. E listou uma série de demandas sociais.

Não é à toa

Para Noélio, a atenção que a instituição deve dar à conduta ética e moral dos integrantes é bobagem. Mas não é. Os deputados têm obrigações e responsabilidades a cumprir. Sem isso, não teriam moral nenhum para decidir sobre os temas que Noélio Oliveira elencou.

Ao vivo
Sempre às terças e quintas-feira, estou com a jornalista Eveline Frota em lives no Instagram. Batizamos esse projeto de “Coluna da Hora” – numa referência a um marco histórico do Centro de Fortaleza, ao fato de começarmos pontualmente às 17h e, por fim, ao tempo de uma hora exata que tem o encontro com os internautas. Pode-se acessar e participar do Coluna da Hora por meio dos perfis @evefrota ou @robertoamaciel.

Dê um alô
Faça contato a gente. O Portal InvestNE usa o e-mail portalinvestne@gmail.com. O número de WhatsApp é +55 85 99855 9789.

Deixe uma resposta