Brasil é um dos países com mais ameaças cibernéticas do mundo em 2020, alerta relatório da Trend Micro

O Brasil foi um dos dez países com mais ameaças cibernéticas detectadas até o fim de maio deste ano. É o que mostrou um relatório publicado pela Trend Micro, empresa que reivindica a posição de líder global em cibersegurança e segurança em nuvem. A última edição do estudo Fast Facts, que analisa o panorama mundial das ameaças cibernéticas, apontou o País como um dos principais alvos de ataques em mensagens disseminadas por e-mail e também arquivos maliciosos de computador (Malware). 

De acordo com o relatório da Trend Micro, em maio o Brasil figurou na oitava posição entre os países que mais tiveram ameaças por e-mail detectadas. Foram um total de 72,2 milhões de detecções. Isso representa um volume 24,7% maior do que o verificado no mês de abril. Já em relação ao mesmo mês de 2019, o Brasil viu as ameaças cibernéticas por e-mail cair 97%. Ainda assim, no acumulado do primeiro trimestre de 2020, o País ficou na quarta posição com o maior número de ameaças detectadas por correio eletrônico (257,6 milhões), atrás apenas de Estados Unidos, Rússia e Japão.

Quando avaliado as ameaças por softwares e arquivos maliciosos (Malware), o Brasil também teve grande número de ameaças detectadas no mês de maio. De acordo com o Fast Facts, o País teve no período 1,4 milhão de arquivos maliciosos detectados, sendo o 9º principal alvo de ataques no mundo. Isso representa mais que o triplo do identificado no mês de abril (406 mil), e cerca de 17% a mais do número detectado no mesmo mês de 2019. No acumulado do primeiro trimestre do ano, o Brasil ficou na 10ª posição entre os países com mais ameaças de Malware detectados. Japão, Estados Unidos, Taiwan e Austrália lideraram a lista.

A Trend Micro destacou no estudo que a despeito da pandemia causada pelo novo coronavírus, as detecções às ameaças cibernéticas continuam em alta em 2020. A companhia ressalta ainda que os atacantes estão tirando vantagem do surto causado pelo vírus em suas tentativas de comprometer a integridade das informações de usuários e empresas em todo o mundo. Globalmente, foram bloqueadas em maio um total de 5,6 bilhões de ameaças cibernéticas, alta de 8,4% em comparação ao mês de abril. Dentre as principais ameaças estão mensagens de Spam, Ransomware e Malware, entre outras.

O relatório Fast Facts é divulgado pela equipe de pesquisa da Trend Micro com atualizações mensais sobre o cenário de ameaças baseado na solução Trend Micro Smart Protection Network (SPN), que analisa a infraestrutura de segurança de dados. Além dos sensores da SPN, os dados coletados também vieram de pesquisadores da Trend Micro, da equipe do Zero Day Initiative (ZDI), da equipe de Threat Hunting, da equipe de Serviço Móvel de Reputação de Aplicativos (MARS) e da Smart Home Network (SHN). 

Deixe uma resposta