Em plena pandemia, empresas são reconhecidas por suporte e apoio emocional a colaboradores

Os desafios gerados pela pandemia do novo coronavírus vão além de garantir a saúde física dos funcionários. Com a nova realidade, os gestores precisam estar cada vez mais preocupados com a integração e saúde emocional e psíquica de seus colaboradores. 

Em resposta ao alerta feito em maio pelo secretário-geral da ONU, Antônio Guterres, sobre esse iminente desafio, 75% das companhias desenvolveram ações de apoio psicológico aos colaboradores, segundo pesquisa recente divulgada pela Fundação Instituto de  Administração (FIA). 

Apesar de já ter uma gestão de trabalho voltada para pessoas, a BRLink viu essa demanda crescer durante a pandemia. Além de manter parte das equipes em regime home office, a empresa de tecnologia tem efetuado contratações por todo o país, assim como incluído os recém-contratados nas ações da empresa. 

De acordo com Ana Di Roberto, Head de Gente & Gestão na BRLink, a companhia se certificou que todos os colaboradores tivessem uma infraestrutura saudável no ambiente de home office. Para isso, conta que a empresa passou por um processo de onboarding remoto, além de oferecer suporte nutricional, psicológico, entre outros benefícios para os colaboradores. 

“Conversamos semanalmente para entender como eles estão e o que podemos fazer. Em uma pesquisa, sobre como a equipe conseguiu estabelecer uma rotina, de modo geral responderam acima de 4, em um ranking de 0 a 5, o que mostra que a grande maioria está adaptada”, diz Ana, que ainda comemora a recente conquista da BRLink com o selo GPTW, de ótima empresa para se trabalhar. 

Consolidado no mundo do trabalho, o Great Place To Work é considerada uma autoridade global por seus rankings e consultorias que ajudam empresas a terem as pessoas no centro das suas estratégias de negócio. O GPTW é um dos selos mais buscados na atualidade, sendo uma importante ferramenta de benchmarking.

Neste ano, o GPTW reconheceu iniciativas voltadas à adaptação ao home office, cuidados com a saúde mental dos funcionários, à flexibilização de jornadas e promoção de engajamento proporcionado por empresas de tecnologia. 

“O selo do GPTW significa muito para nós, porque já temos uma estrutura de gestão voltada para pessoas. Saber que não somos reconhecidos apenas pelo nosso time, mas também por uma instituição consolidada e madura como o GPTW, é motivo de bastante alegria e de certeza de que estamos no caminho certo”, diz o CEO da BRLink, Rafael Marangoni.

Deixe uma resposta