Estudo inédito analisa os impactos da pandemia nos relatórios de sustentabilidade e nas agendas das empresas

Como a pandemia de covid-19 impactou a gestão e as operações das empresas brasileiras?  De que modo essas empresas comunicam os esforços empreendidos para enfrentar o coronavírus? Quais setores da economia reagiram de modo mais assertivo às transformações causadas pela doença? Essas questões são abordadas em Sustentabilidade em Tempos de Pandemia, estudo conduzido pela rpt.sustentabilidade (unidade de negócios do Grupo Report).

“Nosso objetivo foi identificar como as empresas reportaram a questão da pandemia em seus relatórios, além de entender qual o impacto da covid-19 em suas agendas de sustentabilidade”, diz Estevam Pereira, sócio-diretor do Grupo Report.

Baseado na análise de relatórios divulgados por um conjunto de 694 organizações, o estudo traça um panorama da abordagem adotada pelas maiores empresas brasileiras frente aos desafios da pandemia. O documento buscou identificar o percentual de empresas que incluíram a Covid-19 em suas comunicações de desempenho; quais foram as medidas tomadas para combater a doença, tanto interna quanto externamente; como a pandemia impactou o cotidiano operacional das organizações; e as mudanças nas agendas ligadas aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e aos aspectos ambientais, sociais e de governança (ESG, na sigla em inglês).

Alguns destaques do estudo

· Dentro do conjunto de 694 organizações, 105 publicaram relatórios de sustentabilidade em 2020 dentro do período delimitado para inclusão na análise;

· 45% dos relatórios analisados trouxeram menções à Covid-19;

·  60% das empresas analisadas reportaram ações para enfrentar a pandemia;

· 64% das empresas divulgaram medidas de adaptação operacional para o período de isolamento, incluindo investimento em equipamentos de proteção individual, adoção de trabalho remoto e adaptação de instalações.

A rpt.sustentabilidade usou sua expertise na produção de relatórios de desempenho corporativo para coletar e analisar esses e outros dados, que permitiram apontar tendências e dar destaque a cases de empresas que sobressaíram no enfrentamento da pandemia.

Deixe uma resposta