Violência obstétrica é pauta de webinar Sogesp

O Webinar Acadêmico da Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo (Sogesp) teve pauta definida por meio de pesquisa enviada a 72 ligas acadêmicas. Dessa forma, foram escolhidos seis motes de maior interesse.

Hoje, 16 de setembro, às 20h, haverá a terceira edição do Webinar, abordando o assunto “parto humanizado, o enfermeiro obstétrico, parto normal x cesárea”.

Segundo a moderadora da transmissão, Carla Muniz Pinto de Carvalho, coordenadora dos Representantes Credenciados do Interior da SOGESP e da Comissão SOGESP das Ligas Acadêmicas do Estado de São Paulo, o tema é cercado por questionamentos.

“Tratar da questão é relevante, já que é constantemente debatida nas mídias sociais e suscita muitas dúvidas. Afinal, os acadêmicos estão em um curso de medicina e é estranho ouvir dos próprios colegas obstetras sobre violência obstétrica. Então, isso provoca interesse em saber qual o conceito dessa palavra”.

A dinâmica da atividade consiste em uma apresentação da Rossana Pulcineli Vieira Francisco, presidente da SOGESP, seguida de discussão aberta.

A polêmica trará a oportunidade de situar a diferença entre o parto humanizado e o parto normal, refletir sobre se uma cesárea pode ser considerada humanizada e conceituar o termo “humanizado”. O webinar é direcionado aos alunos da graduação, assim como os residentes em ginecologia e obstetrícia.

Para Carla, essa também oportunidade para aproximar os acadêmicos da especialidade e da vida profissional. “Queremos colocá-los em contato mais próximo com a especialidade. No curso de graduação, eles aprendem basicamente as doenças, sobre o tratamento e o diagnóstico.  Então, esse webinar é interessante porque são pontos de escolha e interesse deles”.

Deixe uma resposta