Colosso Fortaleza anuncia novas ações socioambientais visando se tornar uma empresa 100% sustentável

Colosso Fortaleza em Fortaleza - Preço, endereço, menu e horário de  funcionamento do restaurante

O complexo Colosso Fortaleza está investindo em ações socioambientais que também devem marcar a vida do público interno e de pequenos empreendedores, além de mudar a rotina do complexo visando torná-lo 100% sustentável. As ações foram realizadas em parceria com a Verdear Eventos Mais Sustentáveis e com a YBY Soluções Sustentáveis. As instituições participantes da coleta são Braslimp, rede Remes e Poiata Recicla. 

A primeira ação teve início no Carnaval deste ano, quando houve a implementação da proposta “Plástico Zero”, que teve o objetivo de eliminar completamente os copos plásticos e, assim, diminuir o impacto ambiental gerado por esse elemento. Outra ação que vem sendo destaque na busca pela sustentabilidade é que o óleo gerado pela cozinha do Colosso é direcionado para instituições que revertem o produto em sabonete e sabão. Além disso, todos os banners gerados pela equipe de mídia do complexo é transformado em avental.

O Colosso Fortaleza também está destinando os produtos recicláveis (plástico, papel, vidro, metal) para as cooperativas de reciclagem. A iniciativa tem como principal objetivo gerar mais uma fonte de renda para as cooperativas. Outro projeto que faz parte da ação e que vem sendo inovador é a coleta de bitucas de cigarro que serão recicladas e transformadas em massa celulósica, ou seja, vão virar papel e artesanato para pequenos empreendedores.

Ajudando agricultores

Os pequenos agricultores também viverão momentos marcantes com o Colosso. Isso porque o complexo também teve a iniciativa de transformar o lixo produzido em adubo orgânico. “Ajudaremos diretamente inúmeras famílias de pequenos agricultores e também o meio ambiente. Estamos transformando o lixo produzido no Colosso em meia tonelada de adubo orgânico por mês e enviando aos agricultores. Com isso, o Colosso Fortaleza está agindo externamente e gerando um impacto socioeconômico e ambiental positivo indescritível”, explica o diretor executivo do Colosso, Eduardo Castelão.

Para os próximos passos, o Colosso prevê também a criação de uma horta própria em parceria com os pequenos agricultores para gerar produtos frescos que sejam utilizados na cozinha do Zoi Restaurante e Colosso Fortaleza. “Até 2021, o empreendimento também estará com energia renovável para até lá implantarmos e mantermos nossas ações para sermos uma empresa 100% sustentável”, finaliza Eduardo Castelão. 

Deixe uma resposta