Vila Pet terá edição inédita online e para empresários do setor pet

Um dos segmentos da economia que mais crescem no mundo também sentiu os efeitos da pandemia da Covid-19, principalmente os serviços de Pet Shops, responsáveis pelo atendimento a cães, gatos e animais domésticos. Só a Região Nordeste respondia em 2018 por 21% dos negócios no país, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) – movimento de quase R$ 140 bilhões.

Para fomentar parte dessa economia, o Vila Pet 2020 será realizado de 19 a 20 de novembro, em formato exclusivamente online, totalmente gratuito e com inscrições pela internet para participantes de todo o país, no endereço www.vilapet.net.br. A edição 2020 será voltada para gestores, criadores, veterinários,adestradores, empreendedores e empresários do setor Pet de produtos e serviços para pequenos animais do Ceará, do Norte e Nordeste e demais regiões interessadas. A transmissão será no canal do YouTube do Studio R – http://bit.ly/Studior

Com apoio do Sebrae/CE (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), o evento será transmitido diretamente do Studio R, nova estrutura para eventos digitais e presenciais com limitações de plateia. A proposta é que as empresas e seus representantes mantenham a motivação e obtenham novos conhecimentos e oportunidades para continuar empreendendo em meio à pandemia, permanecendo no mercado com toda expectativa e entusiasmo de crescimento.

O evento contará com palestras, apresentações de vídeo das empresas parceiras, captação de voluntários para adoção de animais carentes e interação com o público. “O projeto Vila Digital Pet, terá sua programação voltada totalmente para os micro e pequenos empresários, contando com apresentações sobre temas super atuais, todos voltados para a melhoria, crescimento, desenvolvimento, atualização e superação dos micro e pequenos negócios pet”, reforça Carla Regina, organizadora do evento que será realizado em sua terceira edição, pela União Comunitária Jacira Mendes Oliveira.

Programação

Entre os temas da programação está 1) Como Utilizar a Comunicação a Seu Favor – Através de técnicas simples, práticas e diretas; 2) Inovação e Tendências do Mercado Pet – As tendências e oportunidades que possam colocar seu negócio em uma posição competitiva no mercado Pet; 3) Responsabilidade Civil do Prestador de Serviço e do Estabelecimento PET – Sobre quais atos ou omissões respondem os prestadores de serviços e o estabelecimento Pet; 4) – Qualificação Profissional Como Diferencial Competitivo do Mercado Pet – entendimento dos diferenciais e qualificação do mercado Pet que irão alavancar o seu negócio; 5) Custo Benefício dos Produtos e de Higiene e Embelezamento – Qualidade e inovação com Produtos que possibilitam satisfação lucro e do cliente, 6) Marketing Digital e as Redes Sociais, 7) Gestão Pet Shop e outros.

Mercado Pet

Mesmo com o avanço do período de pandemia já por oito meses no Brasil, o mercado pet continua animado. Apenas no primeiro trimestre do ano as vendas online do setor cresceram 65%, segundo o Instituto Pet Brasil. O setor já movimentou mais de R$ 2,5 bilhões na comparação com o mesmo período do ano passado.

Porém, este crescimento voltou-se em sua maioria, para as empresas de maior porte, deixando à margem os micro e pequenos empresários. Com exceção da venda de animais diretamente dos criadores e dos serviços gerais, os demais segmentos do setor pet registraram crescimento no faturamento durante os três primeiros meses de isolamento social.

Fato é que as pequenas empresas necessitam de apoio, conhecimento e incentivo para adaptação à nova realidade mundial, para que consigam fazer negócios neste mercado, que mesmo em período de pandemia está em franca expansão no mundo inteiro e que no Ceará é carente de evolução, conhecimentos e atualização.

União Comunitária Jacira Mendes Oliveira

A União Comunitária Jacira Mendes Oliveira – UCJMO é uma instituição fundada há 37 anos para atender aos grupos e comunidades carentes promovendo o seu desenvolvimento, sustentabilidade e bem-estar. A entidade já realizou trabalhos no Interior do Ceará e na Capital em diversas áreas, sempre beneficiando os mais carentes.

Iniciando as ações no Município de Sobral/CE com a finalidade de realizar o atendimento aos carentes – idosos, crianças e animais, a União expandiu sua atuação para outras regiões do estado. Em 2010, organizou atividades voltadas para a congregação e apoio aos artesãos que trabalham com produtos derivados do coco na cidade de Fortaleza.

Em 2017, o instituto assumiu a responsabilidade pelos eventos, passando a ser o realizador e garantindo à União Comunitária a oportunidade de voltar para o atendimento a idosos e animais abandonados, quando implementou pequenas ações em diversos espaços em Fortaleza como shoppings centers, mercados e praças – promovendo a adoção de animais em parceria com grupos comunitários e outras ONGs. 

Deixe uma resposta