Mulheres do Nordeste podem fazer inscrição para programa gratuito de capacitação “Ela Faz História”

Negócios dirigidos por mulheres na América Latina têm 11% mais probabilidade de fechar devido à pandemia do que os administrados por homens, segundo dados do Relatório Global sobre a Situação das Pequenas Empresas, produzido pelo Facebook, Banco Mundial e OCDE. Com intuito de capacitar estas empreendedoras, o Facebook, por meio de seu programa Ela Faz História, e em parceria com a Aliança Empreendedora, oferece capacitação em Educação Financeira dedicada a fomentar a participação das mulheres na economia digital. A expectativa é atender a 50 mil mulheres em todo o território nacional.

“Quando se investe em capacitação de mulheres, além do crescimento individual, tem-se também benefícios nos núcleos familiares e na comunidade. Estima-se hoje que 45% das mulheres empreendedoras também são chefes de família. Mudar a vida de uma empreendedora hoje é melhorar a realidade do país a longo prazo”, comenta a diretora executiva e co-fundadora da Aliança Empreendedora, Lina Useche.

A nova capacitação do programa “Ela Faz História” tem três pilares de conhecimento: educação financeira, marketing digital e acesso a fonte de crédito. “Esses três componentes ajudam o pequeno negócio a prosperar. Essa é a nossa contribuição para tentar ajudar essas mulheres a atravessar e a sair mais fortes e com ferramentais digitais para combater a crise. Vemos a crise também como uma oportunidade para aumentar a digitalização desses negócios, que eram mais simples, que não necessariamente tinham acesso a essas ferramentas e agora, pelo isolamento social, de forma acelerada, acabaram tendo que migrar para o online”, afirma a gerente de políticas públicas do Facebook para o Brasil e o Cone Sul, Andréa Leal.

Apoiam essa ação enquanto aliadas da Aliança Empreendedora as organizações sociais Commbne (Comunicação baseada em inovação, raça e etnia), Diáspora Black, Impact Hub Manaus e Pretitudes.

“Ela Faz História”

A inscrição para o curso, que é composto por videoaulas interativas, pode ser feita na plataforma Tamo Junto, acessando o link: www.tamojunto.org.br/elafazhistoria.

Os módulos do programa incluem temas como metas financeiras, precificação, plano de negócios, planejamento financeiro, estratégias de negócios, tecnologia aplicada a finanças. Como parte do conteúdo, haverá um componente com informações sobre fontes de microcrédito para microempreendedoras do Brasil, a fim de facilitar o acesso ao crédito.

As empreendedoras também terão acesso a mais dois cursos: um curso sobre como usar as redes sociais e as mídias digitais para impulsionar seus negócios; e outro com foco em formalização, incluindo os conceitos para obtenção de CNPJ, emissão de nota fiscal, custos e taxas, além de orientação para que as mulheres avaliem quando é necessário buscar ofertas de crédito do mercado e como obtê-las.

Deixe uma resposta