Coworking ou escritório tradicional: conheça uma empresa que já aproveita o melhor destes dois mundos

Unir a flexibilidade de um ambiente compartilhado e a privacidade e personalização de um escritório tradicional, sem a necessidade de investimento inicial. Essa solução já existe, são os projetos Built to Suit, totalmente customizados com as necessidades e identidade dos clientes. Neste modelo é possível escolher a metragem, estrutura e até mesmo a região que a empresa prefere. 

A partir destas definições a Flowork, líder no segmento de coworking na região Sul, executa as obras e entrega a sede pronta, focando na qualidade e privacidade dos seus clientes. “Hoje é possível ter um escritório personalizado, sem investimento inicial, compartilhando networking e dentro de estruturas flexíveis com sistema pay-per-use. Nossos clientes passam a ter para focar totalmente em seus negócios, deixando a gestão da estrutura e facilities por nossa conta. É um tempo valioso que passa a ser usado de maneira mais eficiente”, afirma Daniel Pocztaruk, sócio da Flowork. 

Entre as empresas atendidas neste modelo destaque para o fundo de investimentos Movile, investidor Ifood e Sympla, empresas do segmento financeiro como XP Investimentos, Yieldstreet e Diax Capital e a gigante de mobilidade 99app. Também aderiram ao modelo empresas tradicionais como a incorporadora Invescon,  Summit/Tris de materiais escolares, e as empresas Michael Page e DeBernt, ambas do segmento de recrutamento e seleção.

DeBernt conta sobre o projeto customizado

Moderna, arrojada e confortável é a atmosfera descontraída do escritório compartilhado da Flowork, que abriga a área desenvolvida com exclusividade para a De Bernt, no 15º pavimento do Edifício Barigui Business Center.

Desenvolvido pela arquiteta Carolina Moser, do escritório CM2 Arquitetura e Engenharia, o projeto preserva a identidade das duas empresas; cria os espaços de trabalho compartilhado e salas de reuniões segundo as necessidades da De Bernt, mantendo o conceito e os padrões já existentes da Flowork.

O projeto foi desenvolvido especialmente para a De Bernt, a partir da demanda dos diretores por um espaço bem iluminado, arejado, amplo e moderno, que priorizasse a colaboração e facilidade no dia a dia. Além disso, o workspace para 25 executivos e as 4 salas de reuniões com diferentes tamanhos e formatos possuem acesso exclusivo e seguem todas as premissas de acústica e conforto que são indispensáveis em todos os empreendimentos da Flowork. Tudo para criar um ambiente discreto e exclusivo para a De Bernt selecionar os melhores executivos de grandes empresas.

Os espaços de café e convivência atendem ao número necessário de pessoas de forma orgânica, ergonômica e confortavelmente adequada. Alguns móveis são soltos, visando a ocupação de espaços quando a mobilidade é necessária. Outros encaixam-se sob medida, para cumprir funções específicas. O espaço destina-se também a pequenas reuniões e a experiência de compartilhar ambientes, insights e ampliar a rede de contatos com uma ampla gama de profissionais. Por conta do networking surgem novas possibilidades que podem revolucionar o rumo da carreira de um profissional. Com a expansão do formato de trabalho surge a possibilidade de explorar campos que não pareciam tão óbvios anteriormente.

Para muitas profissões, o formato clássico de escritório funcionando das 8h30 às 18h30 já não faz sentido há tempos. Ainda mais agora, quando os trabalhos se convertem em teletrabalhos e a flexibilidade em expandir ou enxugar espaços torna-se fundamental. Por tudo isso, a versatilidade de um escritório como o Coworking faz com que as empresas se sintam seguras em confiar seu endereço a empreendimento sólido e bem estruturado como a Flowork.

Deixe uma resposta