Banco do Nordeste divulga projetos sociais que serão beneficiados com incentivos fiscais

O Banco do Nordeste divulgou a relação de projetos sociais e das áreas de saúde e esporte que receberam, em 2020, incentivos fiscais no valor total de R$ 1,7 milhão. As iniciativas serão desenvolvidas ao longo de 2021 no Ceará, Bahia, Minas Gerais, Piauí, Pernambuco e Sergipe e deverão beneficiar mais de 2,2 mil pessoas, entre crianças, adolescentes, adultos e idosos.

Os projetos são apoiados no âmbito do Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente (FIA), Fundo dos Direitos do Idoso e da Lei de Incentivo ao Esporte, recursos não reembolsáveis, oriundos do percentual de 1% do Imposto de Renda devido do Banco do Nordeste, relativo ao ano de 2020.

No Ceará, foram selecionados, no total, seis projetos, no valor de R$ 634,8 mil. Por meio do FIA, serão beneficiados os projetos Obra Social Nossa Senhora da Glória, da Casa Sol Nascente, de Fortaleza; Crer e Fazer, da Associação Recreativa de Solonópole, município localizado no sertão central cearense; e Cirandando II, da Associação Comunitária Sônia Maria, de Meruoca, município serrano a zona norte do Estado.

Já por meio do Fundo dos Direitos do Idoso, os projetos selecionados são: Resgatando Memórias, da Pia União de Santo Antônio de Quixeramobim, município também localizado no sertão central do Ceará, e Chá Tecnológico Itinerante, do Instituto para Desenvolvimento Tecnológico e Social – Idear, de Maracanaú, município da Região Metropolitana de Fortaleza.

Procelc IV – Projeto Cultura e Esporte e Lazer do Cariri, da Sociedade Pró-Amiga Cariri, do município do Crato, localizado na região do Cariri cearense, foi o projeto selecionado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

O Banco do Nordeste levou em consideração o nível de organização das entidades proponentes, o impacto social dos projetos, incentivo à formação educacional, fomento à iniciação profissional, quantidade de beneficiários, regularidade fiscal das entidades proponentes, tempo de permanência nas atividades dos projetos, abrangência geográfica e possibilidades de expansão na área de atuação do BNB, experiência, estrutura e competências das instituições para desenvolver os projetos.

Cerca de 90 mil pessoas já foram beneficiadas por meio de 342 projetos sociais apoiados pelo Banco do Nordeste, de 2007 a 2019. Para tanto, foram destinados, no período, recursos no valor de R$ 30 milhões.
A relação dos projetos selecionados está disponível em www.bnb.gov.br/informes-socioambientais e traz informações sobre os objetivos dos projetos, valores incentivados, número de beneficiários e vigência do desenvolvimento das atividades.

Deixe uma resposta