Impulsionada pelas médias e grandes empresas, busca por crédito cresce 2,7% em outubro, revela Serasa

A busca das empresas por crédito registrou aumento de 2,7% em outubro de 2020, na comparação com setembro do mesmo ano, que marcou 2,5%. O cenário mensal revela a participação das grandes empresas, que foram responsáveis por uma alta de 5,9% dos pedidos de crédito, a maior desde 2018 e segunda maior desde o início da série histórica do indicador, em 2007. As empresas de médio porte estão logo atrás, com 5,4%, enquanto as micro e pequenas representam 2,6%.

O economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, explica que a retomada do crescimento econômico e os preparos para datas comemorativas são motivos para o aumento da demanda de médias e grandes empresas. “A fim de atender as vendas, especialmente de Black Friday e festas de fim de ano, as indústrias aumentam seus processos de produção e as empresas varejistas financiam maior quantidade de estoque, mantendo a procura de crédito elevada para arcar com esses custos”, argumenta Rabi.

A avaliação por segmento mostra alta para todos os setores, que continuam se recuperando com o segundo crescimento consecutivo. Em evidência estão as áreas de Serviços (3,8%) e Indústria (2,7%).  

O recorte por região traz destaque para o Sul e o Norte, com crescimento de 5,4% e 5,2% respectivamente. Em seguida estão Centro-Oeste (4,3%), Sudeste (1,5%) e Nordeste (1,1%). De acordo com o Indicador de Demanda das Empresas por Crédito da Serasa Experian, após a queda nacional de 6,0% em agosto, o índice mostra recuperação gradual na análise mês a mês.

Deixe uma resposta