Fábrica do Governo do Ceará no Cariri, integrada ao programa Mais Nutrição, inicia operações em abril

O Governo do Ceará terá nova linha de produção do Programa Mais Nutrição em funcionamento até o mês de abril, na Região do Cariri. A informação foi confirmada em visita técnica na Ceasa de Barbalha realizada pela primeira-dama do Ceará, Onélia Santana, o secretário de Desenvolvimento Agrário (SDA), Di Assis Diniz, e o presidente da Ceasa Ceará, Max Quintino. A iniciativa, que faz parte do Programa Mais Infância Ceará, combate o desperdício de alimentos e garante a segurança alimentar e nutricional de crianças cearenses.

“Estamos trabalhando para que, no mês de abril, iniciem as atividades da Fábrica Mais Nutrição do Cariri. A partir da doação dos alimentos que receberemos dos permissionários e empresários da região, queremos contribuir para a segurança alimentar das crianças atendidas pelas 37 entidades selecionadas de Juazeiro, Crato e Barbalha, que serão contempladas, inicialmente, com os alimentos. Com o programa estamos também evitando o desperdício e combatendo a fome de milhares de pessoas”, destaca Onélia Santana.

O espaço da Ceasa de Barbalha será reformado para abrigar uma nova linha de produção, o banco de alimentos e a central de distribuição do Mais Nutrição e, assim, atender as entidades credenciadas no Cariri. O local receberá os alimentos doados pelos permissionários da região e terá a produção das polpas de frutas, além da oferta do mix para preparo de alimentos.

De acordo com o secretário da SDA, Di Assis Diniz, o investimento para construção da fábrica, aquisição de equipamentos e contratação de pessoal ultrapassa R$ 1 milhão. “O Cariri vai receber a Fábrica do Mais Nutrição, ampliando a oferta de alimentos para aqueles que mais necessitam. Sabemos das necessidades da sociedade civil e, por isso, estamos ampliando e efetivando o trabalho com essa política pública”, afirma.

Doação

Em dezembro de 2020, dois novos veículos foram entregues ao Programa Mais Nutrição. Um veículo reforça a arrecadação da Fábrica de Maracanaú e o outro será destinado ao entreposto no Cariri. Cerca de 27 mil pessoas foram beneficiadas com a doação de cerca de 650 toneladas (646.756) de alimentos “in natura”, polpas e mix de preparo de alimentos desde a criação do programa em junho de de 2019. Atualmente, a iniciativa contempla cerca de 16 mil crianças e adolescentes de 91 entidades de Fortaleza, Caucaia e Maracanaú.

Deixe uma resposta