Movimento entrega manifesto por prioridade à reforma tributária a candidatos no Congresso

O Movimento Pra Ser Justo, que tem como finalidade lutar por uma tributação mais simples, transparente e justa, entregará, nesta semana um documento aos candidatos à presidência da câmara e do Senado para que eles se comprometam a apoiar a deliberação urgente e prioritária da reforma.

O manifesto, que tem o apoio de Endeavor, CLP e #UnidosPeloBrasil, será entregue para os deputados Baleia Rossi, Arthur Lira, Fábio Ramalho, que concorrem para comandar a Câmara, e os senadores Rodrigo Pacheco e Simone Tebet, candidatos na outra casa Casa.

“Há décadas, discutimos a necessidade de reformar o nosso sistema tributário. Há décadas, perdemos tempo. Agora, o país mostra-se pronto para finalmente realizá-la. As disfuncionalidades do modelo vigente estão cada vez mais evidentes, as discussões amadureceram e as respostas são cada vez mais consensuais. A hora de mudar é já”, di Renata Mendes, porta-vo do Movimento. “Sendo assim, contamos com o compromisso de Vossa Excelência para que a Reforma Tributária se torne realidade, promova justiça social e gere mudanças estruturais que viabilizarão a retomada do crescimento econômico”, concluiu.

Segundo Renata, o sistema tributário como um todo precisa de alterações e, por isso mesmo, a reforma tributária é essencial para ajudar o país a recuperar o fôlego e a reencontrar o caminho do crescimento.

O Movimento

O Pra Ser Justo (www.praserjusto.com.br) é um movimento constituído por entidades e organizações da sociedade civil empenhadas na aprovação da reforma tributária. Reunimos entidades, instituições, empresários, empreendedores, especialistas, acadêmicos, formadores de opinião e decisores que querem contribuir para que o país passe a ter um novo e moderno sistema de impostos e contribuições.

A reforma que defendemos está baseada em alguns pilares e valores. São eles: ser instrumento de justiça e combate às desigualdades; incentivar a geração de empregos e o empreendedorismo; colaborar para o crescimento e o aumento da competitividade do país; ser um sistema simples, transparente e de fácil compreensão; e promover retornos para a sociedade na forma de bens e serviços públicos de melhor qualidade.

Deixe uma resposta