Volume de operações do Zro Bank cresce 1.500% em três meses, no auge da valorização do Bitcoin

Em um momento de novos recordes de valorização do Bitcoin, o Zro Bank – primeiro banco digital do Brasil com tecnologia Blockchain e portfólio multimoedas – comemora seu rápido crescimento e a grande atratividade de novos clientes e investidores interessados na diversificação de suas transações financeiras. Lançada em 17 de setembro do ano passado, a fintech completa 5 meses de atuação no mercado brasileiro e informa, nesta quinta-feira (18), que seu volume de operações cresceu mais de 1.500% nos últimos três meses. O resultado está, entre outros aspectos, associado à escalada do Bitcoin.

“Ficamos felizes com os números apresentados e sabemos que é só o começo de algo muito grande. Estamos acompanhando uma movimentação importante no mundo, com o crescente interesse pelo universo das criptomoedas, desde a entrada de grandes players como Visa, Mastercard, PayPal e JP Morgan, até grandes fundos de investimentos. Isso significa um reconhecimento de mercado ao que vem sendo construído há anos e acaba gerando valor para a sociedade e as empresas”, diz o CEO do Zro Bank, Edisio Pereira Neto.

Em apenas 5 meses de operação, o banco conta com mais de 120 mil downloads. Desde que o aplicativo foi oficialmente lançado, o Bitcoin já valorizou 380%. “Entre os nossos clientes, temos aqueles adeptos das criptomoedas, que já investem há mais tempo, e os que estão descobrindo agora as vantagens dessa diversificação. O retorno é muito positivo e os usuários se surpreendem com as múltiplas possibilidades que a tecnologia Blockchain permite. Anos atrás, o Bitcoin não tinha muito valor e era uma moeda pouco acessível. Hoje, o mercado amadureceu e vem desmistificando a ideia de que investir nesta criptomoeda é algo complexo”, diz o executivo.

O Zro Bank foi a primeira fintech brasileira a disponibilizar transações financeiras em Real e em Bitcoin, operando por meio da tecnologia Blockchain. Oferece aos clientes conta corrente multimoedas em Real ou Bitcoin e, futuramente, em outras moedas (tradicionais ou criptomoedas), sem a cobrança de taxas ou anuidade. Entre os serviços, estão: cartão de débito com cashback em Bitcoin, conversão de moedas em tempo real, emissão de boletos, transferências via TED ou via Chatbank. Este último é realizado por meio de uma integração entre o app do Zro Bank e o aplicativo de mensagens Telegram. Com o Chatbank, o cliente envia e recebe dinheiro (em Real ou Bitcoin) por mensagem de texto, 24 horas por dia e de forma instantânea.

“Uma novidade que anunciamos recentemente foi o primeiro cartão de débito com cashback em Bitcoin. O bônus é válido para todas as compras a partir de R$ 10 realizadas com o cartão Zro Bank, de bandeira Visa. A proposta foi tão bem sucedida que gerou um aumento de 220% no volume de transações dos nossos cartões e resolvemos prorrogar o cashback em Bitcoin até o fim de 2021”, destaca Pereira Neto.

Deixe uma resposta