Thales vai digitalizar o sistema de sinalização de trens de Stuttgart, na Alemanha

Como parte do pacote inicial “Ferrovias digitais da Alemanha”, a Deutsche Bahn, empresa de transportes do país, está equipando a região de Stuttgart com três tecnologias, sendo um sistema de sinalização digital (DSTW), o Sistema Europeu de Controle de Trens (ETCS) e Operações Automáticas de Trens (ATO) com maquinista. No fim de novembro de 2020, a Thales venceu a concorrência para implantar os módulos 1 e 2 do projeto “Entroncamento Digital de Stuttgart” até ao fim de 2025. O contrato no valor de cerca de € 127 milhões abrange a instalação do sistema de sinalização digital, instalação de ETCS e trabalhos preliminares para implementar operações automáticas com a ajuda de elementos ao longo das vias e do Sistema de Gestão de Capacidade e Tráfego (CTMS), um moderno ambiente de tecnologia e operação com mais de 6 mil balisas de indicação do ponto quilométrico, mais de 1,3 mil contadores de eixos e cerca de 650 máquinas de chave.

O “Entroncamento Digital de Stuttgart”, parte do programa “Ferrovias Digitais da Alemanha”, irá acrescentar até 20% de capacidade extra à rede ferroviária. O projeto inclui uma importante parceria de inovação para a Thales Germany com a Deutsche Bahn para o desenvolvimento e projeto conjunto de novas tecnologias de ponta.

“O primeiro entroncamento digital na Alemanha será referência para outras regiões metropolitanas da Europa nos próximos anos. Com a Deutsche Bahn AG, DB Netz AG, DB Projekt Stuttgart-Ulm GmbH e todos os participantes do projeto, temos o prazer de ajudar a conceber o plano para futuros projetos de digitalização”, esclareceu Oliver Dörre, diretor executivo e diretor nacional da Thales Deutschland. “Reunimos todas as condições para implementar com sucesso esta grande iniciativa. Estamos muito familiarizados com o entroncamento de Stuttgart desde projetos anteriores e, agora, esperamos cooperar ativamente com nosso cliente, oferecendo o mais alto nível de tecnologia para aprimorar a oferta para passageiros ferroviários”, afirma. “Nossos funcionários estão, é claro, bem motivados e orgulhosos de poder contribuir para “sua ferrovia”, complementa.

A partir de 2025, os trens de longa distância, regional e suburbano (sistema de trens rápidos) no entroncamento de Stuttgart irão circular em uma rede equipada com a mais recente tecnologia digital. Além da construção de uma nova estação principal e outras estações, mais de 100 km de vias serão equipadas com a tecnologia de sinalização digital, o ETCS e as operações altamente automatizadas. Assim, Stuttgart é a origem do projeto original de digitalização de toda a rede ferroviária alemã, programada para ser concluída quase em sua totalidade até 2035.

O projeto “Entroncamento Digital de Stuttgart” também é um passo importante para o desenvolvimento futuro da S-Bahn. O sistema de sinalização mais moderno da Alemanha irá controlar, os menores blocos já implantados, de apenas 30 metros de comprimento. Logo, os trens S-Bahn irão trafegar em uma sucessão mais próxima do que em qualquer lugar na Alemanha até agora. Isto não apenas reduz e elimina os atrasos, mas também permite que mais trens trafeguem muito mais do que hoje – com segurança e sem ter que construir um único metro adicional de via.

Deixe uma resposta