Empresas se unem para acelerar a formação e contratação de profissionais de tecnologia

A aceleração digital causada pela pandemia abriu portas para um mercado que já estava em ascensão e vai crescer cada vez mais: o de tecnologia. Segundo a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), a área deve criar 420 mil novas vagas até 2024. Pensando nisso, o Grupo FCamara – consultoria de soluções tecnológicas e transformação digital, realizou uma série de parcerias com escolas de programação com objetivo de formar e contratar mais pessoas para esse mercado. 

A FCamara atua há 10 anos com seu Programa de Formação, iniciativa que prepara novos talentos para o mercado de tecnologia, não exige ensino superior e oferece possibilidade de efetivação. Somente na última edição realizada em fevereiro deste ano foram mais de 5 mil inscritos. As parcerias com as escolas de programação e tecnologia Alura, Fábrica de Programadores, Rocketseat e Trybe chegam para agregar ainda mais valor ao programa e oferecer mais oportunidades para quem quer entrar nesse mercado. 

Com as parcerias, o grupo pretende contratar 400 pessoas, oferecer 50 bolsas em parceria com a Rocketseat, além de uma edição do Programa de Formação direcionado para quem está aprendendo programação no evento ImersãoDev parceria com a Alura. “O capital humano é o nosso maior ativo dentro da FCamara, por isso nós acreditamos na formação de pessoas. O mercado de tecnologia demanda cada vez mais, enquanto sofre um déficit de profissionais. Iniciativas como essas serão fundamentais para formar pessoas e conectá-las ao mercado de trabalho de tecnologia”, explica Joel Backschat, Chief Technology Officer da FCamara. 

Saiba mais sobre as parcerias: 

Alura 

A Alura é a maior plataforma de cursos online de tecnologia do Brasil. As pessoas que forem contratadas via Programa de Formação do Grupo FCamara têm acesso gratuito durante três meses à plataforma da Alura, que conta com diversos cursos voltados para tecnologia, especialmente em programação. 

Além disso, a empresa também realizou uma parceria com a Imersão Dev, da Alura – um evento com 10 dias de cursos gratuitos para aprender a programar. Os participantes da imersão poderão participar de uma edição Express do Programa de Formação da FCamara, que terá duração de um mês e meio, e a possibilidade de ser efetivado ao final. 

Fábrica de Programadores 

A Fábrica de Programadores é uma escola de treinamento para quem quer iniciar na programação, aprendendo do zero. A escola trabalha não só as hard skills como as soft skills importantes na área de tecnologia. 

Além da escola direcionar seus alunos para processos seletivos no Grupo FCamara, todos os participantes da primeira edição do Programa de Formação 2021 terão 20% de desconto para o treinamento na rede. 

Rocketseat

A Rocketseat é uma das maiores plataformas de cursos de programação e conta com diversas trilhas para diferentes níveis de conhecimento. A FCamara irá oferecer mais de 50 bolsas ao longo do ano para o Ignite, curso da rede que acelera a carreira de desenvolvimento dos profissionais da área. 

Além disso, o grupo está em contato direto com os participantes para também oferecer oportunidades de contratação dentro da empresa. Hoje, a Rocketseat tem uma comunidade com mais de 500k devs e tem um projeto chamado discover com 4 trilhas e mais de 500 aulas totalmente gratuitas.

Trybe

A Trybe é uma edtech que ensina as pessoas a programar, a aprender e a trabalhar, indo além do ensino de desenvolvimento web, a partir do desenvolvimento de soft skills, preparação e conexão com mercado de trabalho. A escola possui um comprometimento genuíno com o sucesso profissional das pessoas estudantes, oferecendo um ensino de alta qualidade e o Modelo de Sucesso Compartilhado (MSC), uma opção de pagamento para que quem tenha interesse em estudar na escola possa começar a pagar somente após estar trabalhando e recebendo a partir de uma remuneração mínima. Na parceria, o Grupo FCamara irá recrutar pessoas formadas pela Trybe não só para participarem do seu Programa de Formação, como para já trabalharem na empresa. 

Deixe uma resposta