Promoção Sua Nota Tem Valor, do Governo do Ceará, chega a 100 mil participantes

O programa Sua Nota Tem Valor, da da Secretaria da Fazenda do Ceará (Sefaz-CE), alcançou os 100 mil cadastros de pessoas físicas. Esse registro marca a disseminação da ação, que destaca a importância de se solicitar a nota fiscal com CPF no momento da compra. A iniciativa, que completa em maio 10 meses, aponta também R$ 4,05 milhões distribuídos em premiações dos sorteios e rateios, tendo beneficiado 53 participantes e 180 instituições sem fins lucrativos.

Jonilma Maia, gestora do programa, comemora o crescimento de pessoas físicas cadastradas: “Rompemos a marca de três dígitos, passamos para cem mil participantes no programa. Para nós, isso significa que a sociedade, de uma forma geral, reconhece o nosso trabalho e a importância do programa na vida das pessoas e das instituições. O engajamento de todos é fundamental para o sucesso do programa. Por isso, lanço o convite: venham fazer parte dessa corrente do bem. Sigam também o nosso perfil @suanotatemvalor no Instagram e no Facebook”.

Outro destaque é o recorde de um milhão de bilhetes gerados, oriundos de notas fiscais emitidas entre os dias 1º e 30 de abril, que participarão do 10º sorteio do Sua Nota Tem Valor no próximo dia 19 de maio. O 10º sorteio será o último com o formato de seis prêmios, nos valores de R$ 25 mil, R$ 20 mil, R$ 15 mil e os demais de R$ 5 mil, cada, recebendo a premiação o ganhador sorteado e a instituição por ele adotada.

Regionalização

A partir de junho, o Sua Nota Tem Valor inicia nova fase, da regionalização dos prêmios. A novidade visa alcançar ainda mais cearenses com o sorteio de 15 prêmios de R$ 5 mil, distribuídos igualmente em três regiões do Ceará, que agrupam aproximadamente 33,3% da população, cada. Terá ainda uma premiação extra de R$ 25 mil, que será sorteada entre todos os participantes cadastrados no programa. Já os R$ 300 mil mensais serão rateados entre as instituições sem fins lucrativos de 14 regiões cearenses, divididas geograficamente.

Todas as mudanças estão sendo apresentadas em reuniões virtuais para as 339 instituições sem fins lucrativos, de todo o Ceará, cadastradas no programa. Cerca de 130 representantes participaram dos encontros que foram realizados nos últimos dias 07 e 12 de maio. Durante as conversas, eles tiraram dúvidas e deram sugestões para o programa.

Vander Lúcia Menezes Farias, da Comunidade Católica Missionária Mariana Filhos de Sião, foi uma das presentes na reunião com as instituições. “Nós fazemos sempre uma grande campanha aqui em Sobral, para que os estabelecimentos emitam e as pessoas exijam a nota fiscal com o CPF. Sabemos que essa simples ação de cidadania traz benefícios para toda a sociedade. Estamos muito felizes por estarmos participando desse programa, sendo ajudados pelos nossos apoiadores e ajudando todo o Estado”, contou.

A gestora Jonilma Maia explica que “há mudança no rateio. As instituições concorrerão dentro da área onde ela está localizada e não mais com todas as instituições do Estado. Significa dizer que muitas instituições agora alcançarão o Índice de Engajamento Social de 0,1% dos pontos gerados”.

Jonilma Maia ressaltou ainda que o cidadão cadastrado precisa informar o município no qual reside. “Nós já enviamos uma notificação pelo aplicativo, lembrando que eles precisam cadastrar a sua cidade. Pois isso permitirá que ele participe do sorteio da região com os cinco prêmios de R$ 5 mil, cada. Caso o participante não tenha o município cadastrado, só concorrerá ao prêmio extra de R$ 25 mil”.

Ela destacou também o diferencial do prêmio extra de R$ 25 mil. “Todos os participantes poderão concorrer. Inclusive, os turistas que estão cadastrados no programa. Mas, vale observar, que essa premiação é apenas para as pessoas físicas, não contempla as instituições”.

Mais uma novidade é o Relatório Social das instituições, que mostrará com transparência onde o dinheiro está sendo aplicado. A Sefaz está recomendando que cada instituição sem fins lucrativos realize, trimestralmente, um balanço de receitas e despesas, apresentando os valores recebidos pelo programa e o investimento realizado. “As vantagens de se fazer o relatório social é que o participante pode acompanhar como a instituição está utilizando o dinheiro que está recebendo do Governo do Estado do Ceará, por meio das ações de cidadania do participante”, concluiu.

Confira os detalhes da regionalização dos prêmios no site do programa pelos links: https://suanotatemvalor.sefaz.ce.gov.br/novosorteio/ e https://suanotatemvalor.sefaz.ce.gov.br/novorateio/

Deixe uma resposta