Tribo Global explica passos para conquistas diárias e mais humanas na rotina de trabalho

 

O Trabalho é uma conquista celebrada no mundo inteiro, e com ela, a sociedade observa as próprias evoluções. Atualmente, a qualidade de vida no ambiente de trabalho é dada por diversos fatores, como bem estar, segurança psicológica, colaboração, alinhamento e autonomia, sendo assim, a quebra de tabus para a efetivação deles é gradativa. 

A Tribo Global, consultoria especializada em cultura, gestão e liderança consciente, aborda em seu E-book ‘Acabe com os Tabus’, inspirado em um artigo da MIT- Mit Sloan Management Review Brasil, em parceria com o Movimento Mulheres 360 e o próprio MIT, a consciência de ideias fomentadas na rotina de emprego que podem ser trabalhadas, gerando empresas mais humanizadas. 

“De acordo com a cultura em cada empresa, existem tabus a serem trabalhados e quebrados, entender cada um deles e dar voz aos colaboradores é o caminho para equilibrar e integrar o sucesso do negócio e bem estar das pessoas”, ressalta Stephanie Crispino, CEO da Tribo Global. 

De acordo com o E-book, existem quatro tipos de Tabus: pensar mas não falar, falar mas fazer diferente, sentir mas não saber descrever e fazer sem perceber. Não necessariamente todos existem em uma organização, mas pelo menos dois destes predominam na rotina. “Vale ressaltar que no contexto de trabalho online os tabus podem ser ainda mais presentes, por conta disso, as lideranças precisam estar atentas às oportunidades de fala para desenvolver melhor as potencialidades da sua equipe”, indica Thaís Ananias, Consultora e Facilitadora na Tribo.

Vulnerabilidade da liderança 

Segundo o “Acabe com os Tabus”, quando os líderes reconhecem suas falhas e fraquezas, eles abrem espaço para a cativação da equipe, fazendo com que os Tabus venham à tona com mais facilidade, junto com as possibilidades de conversas e mudanças.

“O feedback construtivo não se trata apenas do líder para os funcionários, mas quando existe essa autoavaliação a abertura é maior de ambos os lados, tornando o trabalho mais produtivo pessoal e profissionalmente”, explica Thais. 

Técnicas para um ambiente de trabalho humanizado

Para Maíra Blasi, parceira da Tribo Global, “criar um ambiente inovador é um processo, não um fenômeno”, e para isso existem passos estratégicos, principalmente por meio da humanização nos ambientes de trabalho. “Para fomentar novas ideias no cotidiano existem cinco passos que gosto de ressaltar: segurança psicológica, vulnerabilidade como aliada para assumir conversas difíceis, visualizar erros como chances de aprendizado, cultura de experimentos como forma principal de inovação, além da criação de processos, princípios e práticas. Com esse foco, a evolução na rotina é ainda mais estratégica”.  

Entre as quebras de Tabus, é importante a presença de uma pessoa neutra nas situações, para avaliar e enaltecer as situações a serem trabalhadas. Por conta disso, a contratação de um facilitador pode colaborar para um crescimento mais preciso, gerando também uma inovação e humanização mais fiel. 

Além disso, existe a técnica dos “Cinco Porquês”, que se baseia em perguntar o “porquê” pelo menos cinco vezes em uma situação, e assim, as raízes aparecerão, isso gera mais unidade na equipe na rotina e nas soluções. “É muito importante construir um ambiente de trabalho a partir do design de artefatos e do olhar para a cultura do cuidado, que inclui as pessoas e oferece segurança para a quebra de tabus, e a cultura de inovação, que potencializa a criatividade do time”, enfatiza Stephanie.

“Inovar é humano, inovar é orgânico. Acredite no potencial criativo do seu time e perceba que mudanças incríveis podem acontecer, essa sim é a grande conquista do trabalhador”, finaliza Maíra. 

Deixe uma resposta