Startup Semexe lança a primeira ‘Tabela FIPE’ de bicicletas do Brasil

“Quanto vale a minha bike?”. Bastante comum, essa simples pergunta evidencia uma lacuna no mercado de bicicletas para as pessoas que desejam vender e comprar um novo equipamento. De modo a auxiliar os consumidores brasileiros por meio de uma padronização eficiente, a Semexe lança com exclusividade, a partir desta segunda-feira (17), o primeiro Guia de Preços de bicicletas do País. 

‘Tabela FIPE’ das bicicletas, o ‘Guia de Preços Semexe (GPS)’ (https://www.semexe.com/guia-de-preco) traz índices baseados na coleta de preços de centenas de marcas de bicicletas, novas e usadas, nacionais e importadas, e milhares de modelos. Por meio da análise de séries históricas de vendas de cada empresa, a Semexe elaborou algoritmos estatísticos exclusivos para análise dos dados. O projeto durou cerca de um ano, sendo os últimos meses somente para validação das informações por meio de consulta com especialistas: experts das principais marcas, donos de bike shops, atletas profissionais e organizadores de provas tradicionais.

“Uma em cada duas pessoas nos procurava para ajudá-la a saber o valor correto da bicicleta. Como temos como missão auxiliar os fãs de esportes, elaboramos ao longo de um ano o melhor método de precificação para que os consumidores possam comprar e vender melhor. Temos uma base robusta, composta por dezenas de milhares de bicicletas, para que o ciclista possa ter a melhor referência do mercado. É algo 100% gratuito, feito por quem ama pedalar para o Brasil”, afirma Gabriel Novais, co-fundador da Semexe.  

Interativa, a plataforma foi criada por apaixonados por bicicleta para os fãs das duas rodas. Com isso, o público pode colaborar por meio de feedbacks de itens que não estão presentes no GPS ou de preços que acreditam necessitar de uma reavaliação. Logo, a partir do pedido, um time de especialistas analisará a demanda. Neste lançamento, oito das principais marcas do Brasil estão contempladas: Cannondale, Specialized, Cervelo, Trek, Scott, Sense, Caloi e Oggi.

Em 2020, o Brasil registrou aumento de 50% na venda de bicicletas, segundo a Aliança Bike, sejam novas ou usadas, assim como a busca por equipamentos ou dicas acerca de mobilidade e prática esportiva. Com esse ‘boom’, o valor médio no mercado também apresentou grandes variações. Logo, o ‘Guia de Preços Semexe’ visa ajustar os valores com base em indicadores econômicos do País, sendo atualizado diariamente.   

Com a missão de facilitar a transação de equipamentos esportivos online, a Semexe, em pouco mais de dois anos, tornou-se o marketplace referência do mercado de bicicletas por criar um sistema exclusivo de compra e venda; sistema inovador para certificação de registro de bikes; ser um dos canais de e-commerce de grandes marcas, como Michelin, GoPro, Shimano e Bianchi; promover leilões e sorteios de causa sociais para grandes atletas, como o campeão da NBA Leandrinho e o atleta olímpico Henrique Avancini, maior ciclista de mountain bike de todos os tempos. 

Deixe uma resposta