Startup brasileira mira na atuação global e passa a atender clientes em nove países

A JobConvo – startup brasileira de recrutamento, seleção e admissão digital – passa a atuar em Portugal em parceria com a Talenter, grupo de empresas especializadas no encontro entre o talento das pessoas e as necessidades do mercado de trabalho. As duas empresas possuem sinergia e juntas prometem levar inovação para otimizar o setor de recursos humanos.

“Desde de o início da JobConvo, sempre visamos em se ter uma plataforma a nível global, nossa empresa foi incubada no Chile em seu nascedouro. Portanto, sempre tivemos um mindset de se ter uma atuação internacional, é o que nos guia para se ter qualidade de solução juntamente com flexibilidade em parametrização. Hoje temos 47 clientes em nossa carteira e esperamos terminar o ano com 60, um crescimento de 27,7% ainda neste ano”, comenta Ronaldo Bahia, CEO da JobConvo.

A startup nasceu com planos de internacionalização e hoje tem atuação em 9 países: Brasil, Argentina, Chile, Peru, Equador, Colômbia, México, EUA e Portugal. Ainda de acordo com o CEO, “a proposta de valor para os clientes é proporcionar que empresas se conectem com o melhor talento disponível em seus processos seletivos, o que assegura a geração de uma relação otimizada entre o contratado e a empresa, com ganhos para todos os envolvidos e para a sociedade”, comenta. 

Para atingir estes resultados, a Jobconvo investe no que tem de mais inovador no campo de inteligência artificial, aplicada em quatro etapas do processo da plataforma: utilização da ciência de dados, com a aplicação do BI para avaliar as informações geradas nos processos seletivos e ampliar o conhecimento dos clientes no que gera resultado e o que não. 

Em 2020, a startup obteve crescimento de 13,3% em relação a 2019 e para 2021 a meta é crescer 70,5% sobre 2020.O crescimento da empresa se baseia na ampliação tanto no Brasil quanto no exterior e cerca de 26,3% do faturamento da startup vem do exterior. O objetivo é que essa participação fique entre 30% e 35% ao final de 2021.

Deixe uma resposta