Autônomos tiveram maior queda de renda em 2020, afirma estudo

Os trabalhadores autônomos são os que mais sofreram com a queda da renda em 2020, por exemplo, por conta da pandemia do novocornavírus, que afetou a economia brasileira. Somente no segundo trimestre de 2020 houve uma redução de 24% da renda em que a categoria estava habituada em receber, conforme o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Ainda de acordo com a pesquisa, o quarto trimestre houve uma melhora, mas continuou abaixo dos níveis praticados em tempos de pré-pandemia, recuando 10% no final de 2020. Além disso, de acordo com dados do IBGE, o número de trabalhadores autônomos do primeiro trimestre de 2021 é de 23,8 milhões de brasileiros, aumento de 2,4% do trimestre móvel anterior.

A busca por oportunidades de trabalho, em meio o distanciamento social, tornou-se mais um desafio diante dos profissionais autônomos. Uma vez que, acostumados com indicações de seus serviços, com o conhecido marketing boca a boca, teve uma queda de oportunidades que se concretizaram em negócio.

Deixe uma resposta