Banco do Nordeste e CNC assinam acordo de cooperação técnica

O Banco do Nordeste e a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) assinaram Acordo de Cooperação Técnica para oferecer produtos de crédito, investimento, capital de giro, Cartão BNB, dentre outros produtos, aos sindicatos e às federações do Sistema de Representação Sindical desses setores e filiadas à CNC. A medida, extensão do acordo pré-existente entre as duas instituições, garante as vantagens da parceria por mais dois anos.

O evento, em formato virtual, contou com a participação do presidente do BNB, Romildo Rolim, e do presidente da CNC, José Roberto Tadros, assim como de parceiros das duas instituições e de convidados.

O Acordo, que beneficia entidades filiadas à CNC de toda área de atuação do Banco – os nove estados da Região e o norte de Minas Gerais e do Espírito Santo -, abrange, ainda, a divulgação sistemática das políticas, formas de atuação e portfólio de produtos e serviços do BNB.

Entre as linhas de crédito ofertadas para o setor do Comércio, destacam-se o FNE Sol e o FNE Inovação, que contribuem para a sustentabilidade ambiental, a redução de custos das empresas e o fortalecimento da competitividade.

Além disso, a cooperação técnica inclui a realização de pesquisas relacionadas com o setor do Comércio, Turismo e Serviços, com a participação de pesquisadores do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), órgão do Banco ao qual os investigadores da CNC passam a ter acesso para fins de realização de trabalhos conjuntos.

Consultorias, cursos, treinamentos, aperfeiçoamentos, especialização, seminários e palestras, entre outros eventos, fazem parte do Acordo, como forma de fortalecer a capacitação das empresas por parte do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e a promoção da cultura regional e das artes, por meio do Serviço Social do Comércio (Sesc).

Resultados

No período de vigência do acordo entre BNB e CNC, de junho de 2019 a maio de 2021, o Banco do Nordeste contratou, com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), 61.299 operações de crédito, no valor de R$ 6,44 bilhões, beneficiando empreendedores de pequeno porte, pequeno-médio, médio porte, microempresas e microempreendedores individuais dos setores objeto do acordo.

Desse total, no mesmo período, 10.762 operações de crédito, equivalentes a R$ 1,09 bilhão, foram realizadas no Estado do Ceará.

Comparativamente, antes do acordo, de junho de 2017 a maio de 2019, as aplicações alcançaram R$ 4,78 bilhões, para o total de 51.594 operações de crédito, das quais 9.505 (R$ 824,11 milhões) especificamente no Ceará.

Deixe uma resposta