Governo do Ceará recebe lote com 280,5 mil vacinas para segunda dose contra #covid19

O Estado do Ceará recebeu neste domingo (20.6) o 37º lote de imunizantes contra a Covid-19, contendo 280,5 mil doses da Oxford/AstraZeneca/Fiocruz, enviadas por meio do Programa Nacional de Imunizações (PNI), visando a complementar o esquema vacinal dos cearenses que já receberam a primeira dose. O governador Camilo Santana (PT) destacou a chegada da remessa.

Com previsão de utilização integral para a segunda dose (D2) dos cearenses, esta remessa está armazenada na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadim), da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa). Esses imunobiológicos ficarão à disposição das secretarias municipais de saúde de cada prefeitura conforme demanda prévia encaminhada à Sesa.

Com a programação da D2 efetivada, o Governo do Ceará fará o repasse das doses seguindo a logística estruturada pela Sesa, para garantir que os imunobiológicos sejam distribuídos às 22 Áreas Descentralizadas de Saúde (ADSs) e, depois, aos municípios cearenses. Com rotas aéreas e terrestres, o transporte conta com o apoio da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). As prefeituras municipais são responsáveis por aplicar as vacinas distribuídas pelo Estado.

Vacinômetro

Mais de 3,5 milhões de doses foram aplicadas em todo território cearense, conforme dados do Vacinômetro da Sesa, registrados até as 17 horas do dia 17 de junho, sendo 2.495.132 milhões de D1 aplicadas, e 1.091.058 cearenses tendo completado o esquema vacinal com a segunda dose. Com esses números, seguindo o secretário da Saúde do Estado, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho (Dr. Cabeto), cerca de 34% da população adulta do Ceará já recebeu a primeira dose, enquanto cerca de 15% já completou o esquema vacinal com a segunda dose.

Cadastro Estadual de Vacinação

A Sesa liberou o cadastro do público entre 12 e 17 anos para vacinação contra a Covid-19 na plataforma Saúde Digital. A pasta informa que ainda não existe previsão para vacinar este público. O único imunizante liberado até o momento pela Anvisa para ser aplicado em adolescentes é o da Pfizer.

Deixe uma resposta