Projeto dos Museus Orgânicos e Mestres da Cultura protagonizam documentário do Sesc Ceará

Os Museus Orgânicos do Sesc, que reúnem registros e saberes dos mestres da cultura no Cariri, foram a inspiração da coleção Terra de Gigantes, do estilista Ronaldo Fraga, que abriu a 51ª edição do São Paulo Fashion Week no último dia 23. Agora, os museus serão mostrados de uma forma totalmente nova, através do documentário Museus Orgânicos, que será lançado pelo Sistema Fecomércio em live no canal do Sesc Ceará no Youtube, amanhã (quarta-feira, 30.6), às 20h.

A live terá a participação do estilista Ronaldo Fraga, do secretário de cultura do Estado do Ceará, Fabiano Piúba; do gerente de cultura do Sesc Ceará, Alemberg Quindins e do estilista e ex-aluno Senac David Lee. O evento contará também com a mediação da diretora da Fundação Casa Grande, Fabiana Barbosa.

O documentário traz os depoimentos dos mestres, que contam de forma emocionante suas trajetórias enquanto guardiões das tradições e saberes de uma das regiões de maior riqueza cultural no Brasil. O filme também é uma homenagem in memoriam ao mestre Raimundo Aniceto, que faleceu em outubro do ano passado, após mais de oito décadas de dedicação à arte popular.

Com roteiro e direção da publicitária Raquel Barros, o documentário busca aproximar o público dessas figuras tão importantes para suas comunidades e para a cultura cearense de forma geral. O filme é narrado pela atriz Joana Limaverde, e traz trilha sonora original, criada e executada por músicos do Cariri, com a produção musical de Dudé Casado e do Estúdio Casa de Pedra. O documentário é um lançamento original da Fecoplay, plataforma de streaming do Sistema Fecomércio, onde ficará disponível gratuitamente após o lançamento.

A iniciativa do Sistema Fecomércio, através do Sesc, de lançar o documentário se soma também aos esforços para o reconhecimento da Chapada do Araripe como Patrimônio da Humanidade. Com esse objetivo, outros trabalhos já foram realizados, incluindo a realização do Seminário Internacional Chapada do Araripe Patrimônio da Humanidade e um abaixo-assinado

Museus Orgânicos

Buscando fortalecer o vínculo entre o lugar onde as tradições criam raízes e as pessoas que transformam essas práticas em suas missões de vida, os Museus Orgânicos nascem nas casas dos mestres. Assim, as residências se enchem de  fotografias, vestimentas, instrumentos e outros objetos e são abertas para visitação, mostrando ao público preciosidades do saber popular. O projeto dos Museus Orgânicos surgiu com o amadurecimento da parceria entre o Sesc e a Fundação Casa Grande, localizada na cidade de Nova Olinda, para o fortalecimento de uma rede formada por lugares de memória, sendo o Sesc um ativador desses espaços.

Nascido com a finalidade de resgatar e preservar a história dos habitantes do vale do Cariri, o Memorial do Homem Kariri foi criado em 1992. Com o cuidado de manter os saberes vivos através das novas gerações, o trabalho de educação patrimonial realizado no espaço conta com a colaboração das crianças que participam da Fundação Casa Grande. Já o Museu do Ciclo do Couro, mais conhecido como Memorial Espedito Seleiro, surgiu em 2014. 

Da parceria do Sesc com a Fundação Casa Grande, já foram inaugurados mais sete Museus Orgânicos. A ideia é que, ao final do projeto, a região conte com 16 museus no total, que, juntos, vão ter a missão de preservar nossa cultura, cada vez mais expressiva, além de contribuir para o fomento do turismo social. 

As informações sobre os museus e os mestres da cultura estão também no site do projetoClique aqui e ative a notificação para ver a live de lançamento. 

Deixe uma resposta