Julho Amarelo: Sesc promove em Fortaleza campanha de prevenção às hepatites virais

Com o objetivo de sensibilizar a população e intensificar a prevenção e o controle das hepatites virais, o Sesc Fortaleza promove, por intermédio do projeto Sesc Saúde e Prevenção, a Campanha Julho Amarelo. As atividades seguem de hoje (terça-feira, 6) até o fim do mês. A programação conta com webpalestra para estudantes, testes rápidos de hepatites, exposição mediada, ações educativas nas redes sociais, blitz educativa, live, podcast, além de campanha de vacinação para hepatite B.  

Segundo a técnica do Programa Saúde do Sesc Fortaleza Larissa Martins, a campanha “Julho Amarelo” visa a aumentar o rastreamento, a cobertura vacinal e a detecção da doença com testes rápidos. “As ações de promoção e prevenção à saúde são essenciais para combater as hepatites virais, pois, muitas vezes, tratam-se de doenças silenciosas e de fácil disseminação. No entanto, todas podem ser evitadas com alguns cuidados”, explica.  

Entre os destaques da Campanha Julho Amarelo estão a realização de testes rápidos na unidade Sesc Fortaleza em parceria com a Associação Cearense dos Pacientes Hepáticos e Transplantados (Acephet) hoje (6/7), de 8h às 12h; a Live sobre os “Avanços e Desafios no Combate às Hepatites Virais”, em 22/7 às 16h no Instagram do Sesc Ceará, com a participação do técnico de IST/Aids e hepatites virais da Secretaria de Saúde de Fortaleza, Marcos Paiva; e no dia 28/7 às 9h, acontece a Campanha de Vacinação de Hepatite B também no Sesc Fortaleza com os profissionais da Secretaria Municipal de Saúde, Regional Centro.  

Fique atento! 

A Organização Mundial da Saúde instituiu 28 de julho como o Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais, doenças que atacam principalmente o fígado e, inicialmente, apresentam poucos sintomas. Existem quatro tipos de hepatites virais, A, B, C e D, e é preciso estar atento às formas de transmissão que envolvem falta de saneamento básico, carência de práticas de higiene e escassez de informações da população.  

Algumas medidas simples previnem a infecção, tais como: exigir materiais descartáveis e esterilizados para uso individual em salões; usar preservativos; não compartilhar agulhas e seringas; manter exames de rotina em dia. Quando não diagnosticadas, as hepatites virais podem acarretar complicações das formas agudas e crônicas, muitas vezes levando à cirrose ou ao câncer de fígado. 

Programação Campanha Julho Amarelo* 

Dia 6/7, de 8h às 12h 

Testes rápidos na unidade Sesc Fortaleza em parceria com a Associação Cearense dos Pacientes Hepáticos e Transplantados (Acephet). 

Dias 8 e 9/7, às 9h 

Exposição mediada com tema “Prevenção às IST’s” com alunos do Grau Técnico, no Sesc Fortaleza.  

Dia 20/7 às 9h e 14h 

Blitz Educativa com foco na prevenção às hepatites com os profissionais da CIPA no Sesc Fortaleza. 

Dia 22/7 às 16h 

Live sobre os “Avanços e Desafios no Combate às Hepatites Virais” com a participação do técnico de IST/AIDS e hepatites virais da Secretaria de Saúde de Fortaleza, Marcos Paiva, no Instagram do Sesc Ceará. 

Dia 23/7 

Lançamento Podcast – Julho Amarelo – Mês de Combate às Hepatites Virais no Spotify do Sesc Ceará.   

Dia 28/7 às 9h 

Campanha de Vacinação de Hepatite B com os profissionais da Secretaria Municipal de Saúde, Regional Centro, no Sesc Fortaleza. 

*Programação sujeita a alterações  

Deixe uma resposta