A Coluna do Roberto Maciel (13.7, terça): O “insulto” de Barroso é divergente do de Bolsonaro – tem classe e elegância

  • A reflexão a seguir foi divulgada em redes sociais pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral: “Quando um homem de bem responde um insulto com outro insulto, ele permite que o mal vença. Não é preciso responder. O mal consome a si mesmo”. Barroso não disse quem é o autor (há citações assim na Bíblia, na obra do grego Epicuro e em textos de outros filósofos clássicos), mas o destinatário do recado está bem claro: o presidente Jair Bolsonaro, que o chamou de “imbecil”. Para não dar margens a dúvidas, mas mantendo a elegância, o ministro indicou a música Cálice (Chico Buarque) e o livro A Ditadura Escancarada (Hélio Gaspari).

Horizonte pesado
Bolsonaro tem repetidamente ameaçado a democracia, sugerindo que vai impedir a realização de eleições em 2022 . O cenário desenhado para ele, que carrega nas costas o peso de mais de 535 mil mortes em decorrência do coronavírus e da inoperância do governo federal, envolvido em escabrosas denúncias de roubo do dinheiro das vacinas, é dos piores: pesquisas recentes indicam a derrota do ex-capitão no primeiro turno para o ex-presidente Lula (PT).

Capitão Rachadinha


A propósito da patente a que conseguiu chegar no Exército o hoje presidente, e também a propósito do apelido conquistado pela médica cearense Mayra Pinheiro, ferrenha apoiadora dele – vulga “Capitã Cloroquina” -, Bolsonaro está sendo citado como “Capitão Rachadinha”. O epíteto tem a ver com denúncias de que, quando deputado federal, tomava dinheiro de assessores fantasmas que nomeava para o gabinete. Clicando na imagem acima, você vai conhecer apuração do portal Uol sobre as “Aventuras do Capitão Rachadinha”.

Tá pensando o quê?
Do perfil “Direita Siqueira” nas redes sociais – uma ácida e muito bem-humorada iniciativa crítica aos direitistas, reacionários e fascistas:

Voz
A ex-presidenta Dilma Rousseff (PT) vai debater hoje (terça, 13.7) o tema “Desenvolvimento, Novas Desigualdades e Justiça Fiscal no Brasil”. Alvo de reconhecido golpe políticos de forças conservadoras, representadas por empresas jornalísticas, entidades capitalistas e articulações partidárias de direita, Dilma será recebida hoje pela campanha Tributar os Super-Ricos, que é parceira dos institutos Lula e Justiça Fiscal e de outras entidades. Trata-se de uma ação de esclarecimento e pressão por um gesto básico para o equilíbrio tributário.

“Condição urgente”

Blog do Garotinho - A traição planejada de Dilma ao povo do Rio de Janeiro


O ciclo que será iniciado por Dilma (foto acima) prevê 10 encontros que serão realizados até setembro, tendo o sistema tributário como eixo das análises. Os fundamentos da desigualdade social, as transformações da sociedade contemporânea e os desafios imediatos e estratégicos serão abordados por 20 especialistas. “Vivemos num país onde são os mais ricos que reclamam dos impostos, mas quem paga mais são os pobres. Buscar uma maior justiça fiscal é condição urgente para diminuir a desigualdade no Brasil. Por isso mesmo, o Instituto está muito animado com essa parceria com o IJF e convido todos interessados neste tema tão rico a seguir conosco nesta jornada”, destaca Márcio Pochmann, presidente do Instituto Lula. As inscrições são gratuitas e estão abertas até 18 de julho. Podem ser feitas por formulário online neste link: bit.ly/ciclojusticafiscal.

Descarga
Ainda sobre debates: a Comissão de Minas e Energia da Câmara federal realiza hoje debate sobre o impacto tarifário dos subsídios do setor elétrico. O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepitone da Nóbrega, ficou de ir. Um dos pontos nevrálgicos das discussões sobre esse assunto é a concessão de subsídios do governo federal, generosa para grandes empresas e parcimoniosa e cruel com o contribuinte menor.

Chocante

Conta de energia elétrica fica mais cara a partir deste mês - PB AGORA


Para se ter ideia da força com que o bolso do cidadão perde dinheiro para o apoiamento de empresários, vale notar que só neste ano a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), da qual sai grande parte dos subsídios vigentes, atingiu estratosféricos R$ 23,9 bilhões.

In loco
O Cadastro Solidário, ação do Pacto Contra o Coronavírus no Ceará, coordenado pela Assembleia Legislativa, irá nesta semana a 12 municípios do Interior do Estado – no Cariri, Região Norte e Vale do Jaguaribe, entre outras regiões. O objetivo é o de cadastrar a população para vacinação contra a covid-19. O público-alvo é o que ainda não está esclarecido sobre a importância da vacinação e o que não tem acesso a meios eletrônicos para o cadastramento.

Raiz
“A população precisa compreender que as vacinas são seguras, eficazes e são a saída para voltar à normalidade de antes da pandemia e evitar retrocessos na economia, nos empregos, na educação e, principalmente, no cuidado com a vida. O cadastro é o primeiro passo para a imunização”, diz o presidente da AL, deputado Evandro Leitão (PDT, foto). Dado importante: a primeira experiência nesse sentido no Ceará é genuinamente popular – foi lançada por universitários dos cursos de Jornalismo e Publicidade da UFC.

Evandro Leitão – De líder do governo a primeiro-secretário : Blog do Eliomar

No ar
Estamos com o podcast da Coluna da Hora. O episódio mais recente traz o deputado estadual Salmito Filho (PDT). Salmito fala sobre desafios da gestão pública e da política na reestruturação da economia e das bases sociais quando a pandemia passar. As entrevistas da Coluna da Hora estão nas principais plataformas de áudio.

Você pode escolher conteúdos e plataformas:

BREAKER https://www.breaker.audio/coluna-da-hora-roberto-maciel

GOOGLE https://www.google.com/podcasts?feed=aHR0cHM6Ly9hbmNob3IuZm0vcy81Nzk0NGNlMC9wb2RjYXN0L3Jzcw==

RADIOPUBLIC https://radiopublic.com/coluna-da-hora-roberto-maciel-G4OwnD

SPOTIFY https://open.spotify.com/show/7K2jicVkzRVoePNumXUTIw

Em vídeo
Também disponibilizamos a entrevista no perfil @robertoamaciel, no Instagram. Você pode conferir aqui:

Dê sua opinião
Os leitores do InvestNordeste têm canais abertos com nossa redação. O e-mail é portalinvestne@gmail.com e o número de WhatsApp é +55 85 99855 9789.

Deixe uma resposta