94% dos profissionais de TI tiveram de aprender novas tecnologias por causa da pandemia, aponta pesquisa

Pesquisa da ManageEngine, divisão de gerenciamento de TI corporativa da Zoho Corporation, levantou dados relevantes sobre como os profissionais de TI e as empresas adaptaram e ampliaram seus investimentos em tecnologia como resultado da pandemia covid-19.

A ‘Pesquisa de Preparo Digital 2021’ mostra que 94% dos profissionais tiveram que aprender sobre novas tecnologias, dos quais 48% dos entrevistados afirmam que estavam ligados ao trabalho remoto e 42% afirmam que as adaptações necessárias foram focadas na segurança. A percepção geral (84%) dos mais de 1.200 entrevistados globais é que o trabalho remoto colocou desafios adicionais à segurança. Entre as principais ameaças citadas, uma ou mais categorias podem ser escolhidas, como phishing (52%), ataques de rede de endpoint (42%) e malware (40%).

Ainda no trabalho remoto, apenas 2% indicaram que suas empresas não fizeram nenhum tipo de preparo ou investimento em termos de segurança para que os funcionários pudessem trabalhar de forma segura de suas residências. Cerca de 67% afirmam que suas organizações intensificaram o treinamento de segurança cibernética, enquanto 47% tiveram seus dispositivos monitorados pela empresa.

“A pandemia global forçou as organizações a recorrer à tecnologia para executar suas operações sem interrupções. Reconhecendo os riscos elevados no ambiente atual, eles começaram a examinar suas estratégias de segurança de TI. Isso também levou os executivos a serem mais proativos na garantia da segurança dos dados, monitorando melhor os endpoints e aumentando o investimento em novas tecnologias, além de treinar os funcionários”, disse Rajesh Ganesan, vice-presidente de produtos da ManageEngine.

Confira a pesquisa completa em: https://www.manageengine.com/the-digital-readiness-survey-2021/index.html?PressRelease.

Deixe uma resposta